Tóquio 2020

Olimpíadas Dream Team dos EUA vive tensão na preparação para os Jogos

Dream Team dos EUA vive tensão na preparação para os Jogos

Equipe de basquete acumula derrotas em amistosos, cancelou jogo e cortou um atleta, no protocolo contra a covid-19

Agência Estado - Esportes
Popovich está com problemas na preparação

Popovich está com problemas na preparação

Pilipey Romano/EFE/14-09-19

O amistoso de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 entre as seleções masculinas de basquete dos Estados Unidos, conhecida como Dream Team desde os Jogos de 1992, e da Austrália está cancelado.

A partida seria disputada nesta sexta-feira, em Las Vegas, mas não ocorrerá por questões sanitárias. A razão é a entrada de Bradley Beal, astro do Washington Wizards, no protocolo de segurança do time americano contra a covid-19, que já o tirou da Olimpíada. Além da situação do ala-pivô Jerami Grant, do Detroit Pistons, que cumpre isolamento por precaução.

Já o último confronto preparatório dos Estados Unidos antes de Tóquio-2020, contra a Espanha neste domingo, está mantido. Mas o problema com o coronavírus não é pequeno. Na semana passada, três atletas do USA Select Team, equipe de jovens atletas que treinam junto com a seleção principal, entraram em quarentena. Foram eles: PJ Washington, Immanuel Quickley e Miles Bridges.

Caso acontecesse o jogo contra a Austrália, os americanos teriam a chance de se vingar da derrota por 91 a 83 da última segunda-feira, também em Las Vegas. E a equipe treinada por Gregg Popovich já não vem bem nesta preparação olímpica. A seleção havia perdido para a Nigéria e só venceu o último amistoso que disputou contra a Argentina por 108 a 90. Agora a situação pode piorar de novo com os desfalques.

Depois de jogar contra a Espanha, a seleção americana embarca para o Japão com dúvidas no elenco. Com Beal cortado e Grant como dúvida, os atuais medalhistas de ouro estreiam nos Jogos no próximo dia 25. E logo de cara eles enfrentam a França.

A seleção americana precisa correr para anunciar um substituto para Beal e já tem um nome em mente. Tobias Harris é o favorito para assumir esse papel. O atleta do Philadelphia 76ers já recebeu contato da comissão técnica e retornará de uma viagem de férias neste sábado.

Federer de fora! Veja atletas que não estarão nos Jogos Olímpicos

Últimas