Tóquio 2020

Olimpíadas Da pista no quintal para Tóquio 2020: conheça skatista Yndiara Asp 

Da pista no quintal para Tóquio 2020: conheça skatista Yndiara Asp 

Atleta é uma das prováveis representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos previstos para 23 de julho a 8 de agosto deste ano

  • Olimpíadas | André Avelar, do R7

Yndiara começou a andar de skate no quintal de casa e teve ascensão meteórica

Yndiara começou a andar de skate no quintal de casa e teve ascensão meteórica

Divulgação/Red Bull Content Pool

De início, o skate foi uma forma de refúgio para superar a separação dos pais. Hoje, é uma profissão. Yndiara Asp, uma das principais skatistas do mundo, tem a certeza de que fez a escolha certa ao optar pelo esporte e relembra com carinho da época em que arriscava manobras em uma pista construída no quintal de casa. Aos 23 anos, ela está de olho em uma vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Yndiara é uma das estrelas do Until 18 — O momento da decisão, uma série documental da Red Bull TV que reúne atletas e personalidades para contar como eles lidaram com as tomadas de decisões na vida. No filme que estreia nesta terça-feira (13) e tem direção de Isadora Canela e Hugo Haddad, a skatista conta o momento em que precisou optar entre a faculdade de edução física e a carreira no esporte.

“Foi bem legal relembrar esse período da minha vida na série, principalmente, para ver como foi importante tudo que vivi e as decisões que tomei para poder estar onde estou hoje. A lembrança de como a rotina era cansativa me faz valorizar ainda mais o que faço hoje”, disse Yndiara, recuperada de uma cirurgia na perna esquerda, após uma queda em um treinamento.

Então com 15 anos, os pais da atleta se separaram e as brigas da casa eram amenizadas com muitos e muitos rolês de skate. Foi daí a ideia do pai construir no quintal de casa uma bowl para a filha andar. De tanto acordar e dormir com o skate nos pés, a ascensão da menina foi meteórica e os resultados no esporte foram logo aparecendo.

Já consolidada profissionalmente, potencial atleta olímpica, Yndiara vê agora a construção de uma nova pista de skate na casa do pai. Com apoio dos patrocinadores, a velha piscina sem água dará lugar a um bowl quase profissional.

“Nunca é tarde para nada, para mudar de direção, desistir, recomeçar, continuar ou ir até o fim. A vida está aí para ser vivida intensamente”, completou.

O skate estreia no calendário olímpico em Tóquio 2020, remarcado para 23 de julho a 8 de agosto deste ano por conta da pandemia do novo coronavírus. Além de Yndiara, Pâmela Rosa, Letícia Bufoni e Rayssa Leal têm chances de representar o Brasil.

Veja quem é o brasileiro de 11 anos que entrou para história do skate

Últimas