Olimpíadas Começa o revezamento da tocha olímpica dos Jogos de Tóquio

Começa o revezamento da tocha olímpica dos Jogos de Tóquio

Cerimônia em Fukushima teve poucos participantes e nenhum público para evitar contágios pelo novo coronavírus

  • Olimpíadas | da EFE

Revezamento da tocha olímpica para os Jogos de Tóquio

Revezamento da tocha olímpica para os Jogos de Tóquio

Philip Fong/EFE/EPA

O revezamento da tocha olímpica para os Jogos de Tóquio começou nesta quinta-feira na cidade de Fukushima, no nordeste do Japão, com a chama carregada por membros da seleção feminina de futebol do país e em meio a medidas de proteção contra a covid-19.

Após uma cerimônia que teve poucos participantes e nenhum público para evitar contágios pelo novo coronavírus, o revezamento começou nas instalações de treinamento J-Village, que chegaram a funcionar como base logística durante a crise nuclear de Fukushima, em 2011.

A japonesa Azusa Iwashimizu, que acendeu a tocha com a chama olímpica que havia sido preservada em uma vela no Japão desde o ano passado, foi a primeira a carregá-la, passando pelos gramados da J-Village acompanhada por outros membros da seleção campeã do mundo em 2011.

A tocha será carregada durante 121 dias por cerca de 10.000 participantes em uma viagem pelas 47 prefeituras (províncias) do país, concluindo com o acendimento da pira no Estádio Olímpico de Tóquio, em 23 de julho.

"A chama tem continuado a arder serenamente enquanto o mundo enfrentou alguns momentos difíceis durante o ano passado", disse a presidente do comitê organizador dos Jogos de Tóquio, Seiko Hashimoto, em discurso no ato de início do revezamento.

Últimas