Tóquio 2020

Olimpíadas Com Biles de volta, Flávia Saraiva fica em 7º na ginástica artística

Com Biles de volta, Flávia Saraiva fica em 7º na ginástica artística

Ginastas se apresentaram na trave de equilíbrio, na manhã desta terça-feira (3), no último dia de ginástica artística em Tóquio 2020

  • Olimpíadas | Do R7

Simone Biles abraça a brasileira Flávia Teixeira, que ficou em sétimo lugar na final da trave

Simone Biles abraça a brasileira Flávia Teixeira, que ficou em sétimo lugar na final da trave

Lindsey Wasson/Reuters - 03.08.2021

No último dia de ginástica artística nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, Flávia Saraiva se apresentou na final da trave de equilíbrio e ficou na sétima colocação. A brasileira sofreu um desequilíbrio na apresentação, e recebeu nota 13.133.

O ouro ficou para a chinesa Chenchen Guan, que recebeu 14.633. Xijing Tang, também da China, com a nota 14.233, ficou com a prata, e a estrela Simone Biles, dos Estados Unidos, fechou o pódio, recebendo 14.000.

Flávia Saraiva competiu com dores no tornozelo

Flávia Saraiva competiu com dores no tornozelo

Mike Blake/Reuters - 03.08.2021

Resultado final da trave:

OURO: Guan Chenchen (China) - 14.633 pontos
PRATA: Xijing Tang (China) - 14.233 pontos
BRONZE: Simone Biles (EUA) - 14.000 pontos
4º lugar: Ellie Black (Canadá) - 13.866 pontos
5º lugar: Sunisa Lee (EUA) - 13.866 pontos
6º lugar: Urawa Akishawa (Japão) - 13.733 pontos
7º lugar: Flávia Saraiva (BRASIL) - 13.133 pontos
8º lugar: Vladislava Urazova (Rússia)- 12.733 pontos

Simone Biles voltou a competir e ficou com a medalha de bronze

Simone Biles voltou a competir e ficou com a medalha de bronze

Loic Venance/AFP - 03.08.2021

A disputa da trave de equilíbrio marcou a volta de Biles para as apresentações em Tóquio. Após participar da fase classificatória, a estrela dos Estados Unidos desistiu de quatro finais (individual geral, barras assimétricas, salto e solo) nestes Jogos Olímpicos para cuidar da saúde mental.

Flávia recebeu 13.966 na apresentação na trave na fase classificatória. Foi a nona maior nota, mas passou entre as oito finalistas porque três chinesas estavam na frente dela, e o regulamento permite que cada país tenha, no máximo, duas atletas na final.

Guan Chenchen, da China, foi medalha de ouro na trave

Guan Chenchen, da China, foi medalha de ouro na trave

Lindsey Wasson/Reuters - 03.08.2021

A trave de equilíbrio foi o primeiro aparelho que a brasileira se apresentou na fase classificatória. Depois, ela foi para o solo, teve uma lesão no tornozelo, e precisou desistir das duas apresentações seguintes: no salto e nas barras assimétricas. 

Na fase de classificação na trave de equilíbrio, as chinesas Chenchen Guan (14.933) e Xijing Tang (14.333) foram as que tiveram as melhores notas. Simone Biles, com 14.066, teve a sétima maior.

Últimas