Tóquio 2020

Olimpíadas COB pede que atletas evitem discussões em redes sociais

COB pede que atletas evitem discussões em redes sociais

Direção do Comitê Olímpico do Brasil quer impedir novas confusões após caso de goleira do futebol e atleta paraolímpica

Goleira da seleção discutiu com atleta paraolímpica do Brasil

Goleira da seleção discutiu com atleta paraolímpica do Brasil

Assessoria/CBF/06-06-19

Após a discussão entre a goleira Bárbara, da seleção feminina de futebol, e a atleta paraolímpica Andrea Pontes em uma rede social, o COB (Comitê Olímpico do Brasil), divulgou uma nota nesta quarta-feira (28) em que pede aos atletas que se concentrem nas competições e evitem discussões na internet durante os Jogos Olímpicos de Tóquio.

O Comitê reconheceu que o período da Olimpíada carrega muita emoção e os ânimos ficam exaltados, mas quer que os atletas evitem distrações durante a competição.

O COB também orientou os integrantes da delegação brasileira a seguirem as diretrizes para uso de redes sociais do COI (Comitê Olímpico Internacional).

Confira a nota do COB na íntegra

O Comitê Olímpico do Brasil acredita que o período dos Jogos Olímpicos seja um período de muita emoção e extrema sensibilidade. Os ânimos ficam exaltados e é fácil ser absorvido pelas redes sociais, um ambiente ainda mais intenso de opiniões e fértil para discussões.

Assim, o COB recomenda fortemente que durante seu período competitivo em Tóquio, atletas e oficiais concentrem-se prioritariamente em sua performance e no contato com seus amigos e familiares através de canais diretos, evitando distrações que podem tirá-los do foco principal.

Ressaltamos ainda que o COB orienta todos os integrantes da delegação brasileira a atentarem e seguirem as diretrizes para uso de redes sociais do Comitê Olímpico Internacional.

Últimas