Seleção brasileira

Olimpíadas Chamada de última hora, Angelina espera bom futebol do Brasil

Chamada de última hora, Angelina espera bom futebol do Brasil

Meia-atacante substitui lesionada Adriana para competição em Tóquio. Time embarca para Japão no dia 15

Agência Estado - Esportes
Angelina foi capitã nas seleções brasileira de base

Angelina foi capitã nas seleções brasileira de base

Richard Callis/Divulgação/SPP/CBF - 13/6/20221

A meia Angelina se apresentou à concentração da seleção brasileira feminina, em Portland, nos Estados Unidos, com vontade de fazer história nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Convocada na última sexta-feira para a vaga de Adriana, lesionada, a jogadora do OL Reign, dos Estados Unidos, celebrou a notícia surpresa e desejou uma boa recuperação para a companheira de profissão.

"Estou muito feliz pela oportunidade, porém triste pela Adriana, desejo uma boa recuperação pra ela. Mas também muito feliz pela oportunidade de estar aqui, de poder estar junto com as meninas e disputar a Olimpíada", celebrou Angelina.

Na chegada, a meia recebeu as boas-vindas da técnica sueca Pia Sundhage e seus auxiliares Lilie Persson e Anders Persson, que a parabenizaram pela oportunidade de integrar à equipe que disputará os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Esta será a sua primeira competição oficial com a seleção brasileira feminina principal. Ao longo da carreira, a meia teve grande passagem pelas categorias sub-20 e sub-17 e foi uma das capitãs de sua geração no Mundial e Sul-Americano de ambas as equipes.

Com a chegada de Angelina, o grupo conta agora com 20 atletas em Portland, onde a seleção ficará concentrada até o próximo dia 15. 

Bola do futebol olímpico é inspirada no desenho 'Super Campeões'

Últimas