Tóquio 2020

Olimpíadas Cavalo sofre lesão durante prova dos Jogos de Tóquio e é sacrificado

Cavalo sofre lesão durante prova dos Jogos de Tóquio e é sacrificado

Jet Set, do suíço Robin Godel, fraturou pata durante o Concurso Completo de Equitação. Quadro foi considerado irreversível

Lance
Cavalo de 14 anos fraturou pata ao passar por obstáculo aquático da prova

Cavalo de 14 anos fraturou pata ao passar por obstáculo aquático da prova

Lance

Uma situação triste ocorreu no Concurso Completo de Equitação do hipismo no último sábado (31) nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após sofrer uma lesão "irreparável" na pata direita, o cavalo Jet Set, do suíço Robin Godel, teve de ser sacrificado. Em nota, a Federação Internacional de Hipismo manifestou tristeza e explicou o acontecido com o animal.

"É com grande tristeza que anunciamos que o cavalo suíço Jet Set, montado por Robin Godel, teve de ser sacrificado depois de ficar extremamente manco no Sea Forest Cross Country Course. Infelizmente, a ultrassonografia revelou uma ruptura irreparável no membro inferior direito, logo acima do casco. Por motivos humanos e com a concordância dos proprietários e do atleta, foi tomada a decisão de sacrificar o cavalo", diz a nota.

O cavalo de 14 anos sofreu a lesão ao passar por um obstáculo aquático da prova e foi avaliado por uma clínica veterinária local, que constatou a ruptura. Nas redes sociais, Robin Godel, proprietário do cavalo, lamentou a morte do animal.

"Em um galope a poucos saltos da chegada, a lesão nos obrigou a deixá-lo ir. Jet era um cavalo extraordinário e mais uma vez estava fazendo uma volta magnífica. Ele partiu para fazer o que mais gosta: galopar e voar sobre os obstáculos", escreveu o suíço.

Últimas