Tóquio 2020

Olimpíadas Canoagem slalom: Pepê Gonçalves e Ana Sátila se garantem na semi

Canoagem slalom: Pepê Gonçalves e Ana Sátila se garantem na semi

Brasileiros foram muito bem nas fases classificatórias e chegam com moral para a reta final das competições olímpicas

  • Olimpíadas | Do R7

Ana Sátila está em sua terceira Olimpíada representando o Brasil na canoagem slalom

Ana Sátila está em sua terceira Olimpíada representando o Brasil na canoagem slalom

Luis Acosta/AFP 25.07.21

O Brasil segue na briga por medalhas na canoagem slalom em Tóquio 2020. Nesta quarta-feira (28), tanto Ana Sátila, na canoa, quanto Pepê Gonçalves, no caiaque, foram bem na fase classificatória e garantiram vaga na semifinal.

Ana, que na terça ficou bastante decepcionada por não conseguir se classificar à final no caiaque, conseguiu se recuperar e foi muito bem na canoa. Na primeira descida, a brasileira fez o 11º melhor tempo, com 120,56 segundos, tempo já com os quatro segundos de punição que levou ao encostar em algumas barreiras. Na segunda, ela foi ainda melhor, terminando o circuito em 109,90 segundos, o 4º melhor tempo do dia.

A britânica Mallory Franklin foi a melhor nas duas baterias e desponta como favorita ao ouro. A semifinal e final da categoria serão disputadas nesta quinta.

Pepê está bastante focado em medalhar

Pepê está bastante focado em medalhar

Reprodução/Instagram @pepehgoncalves

Entre os homens, Pepê Gonçalves, que em entrevista recente ao R7 se mostrou confiante em conquistar uma medalha, estreou nos Jogos com o tempo de 98,13 segundos, sendo 4 por conta de punições. Na segunda descida no caiaque, ele terminou em 92,91 segundos, o 10º melhor tempo da disputa.

As decisões masculinas estão marcadas para a próxima sexta-feira.

Veja os resultados do Brasil nesta quarta (28) na Olimpíada de Tóquio

Últimas