Olimpíadas Caixa renova com ginástica e garante R$ 30 milhões para 4 anos

Caixa renova com ginástica e garante R$ 30 milhões para 4 anos

Presidente do banco, Pedro Guimarães, explicou que 'futebol já tem investimentos' e reforçou apoio em projetos sociais

  • Olimpíadas | André Avelar, do R7

Ginástica brasileira já conquistou quadro medalhas em Jogos Olímpicos

Ginástica brasileira já conquistou quadro medalhas em Jogos Olímpicos

MÁRCIO FERNANDES DE OLIVEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO - 6/8/2016

Parceira da Confederação Brasileira de Ginástica, a Caixa renovou o patrocínio para os próximos quatro anos. O investimento do banco no esporte, de R$ 30 milhões para o período, envolve os ciclos olímpicos de Tóquio 2020 e Paris 2024.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, apresentou os números em uma conversa por videoconferência com a delegação brasileira e disse que o perfil de investimento vai além do investimento em alto-rendimento, nos atletas profissionais. Guimarães também deixou claro que o futebol “não precisa do investimento da Caixa” por que já tem inúmeros recursos.

“A ginástica foi o primeiro esporte que teve a renovação da Caixa porque foi o que encontramos a equipes mais profissional. Quero dar parabéns para a Confederação e para os atletas, que são ídolos brasileiros. São mais do que atletas olímpicos, mas exemplos para a comunidade”, disse.

A apresentação mostrou que foram R$ 79,27 milhões em investimentos desde 2006, que contribuíram para quatro medalhas olímpicas (Arthur Zanetti em Londres 2012 e na Rio 2016; Diego Hypolito e Arthur Nory, na Rio 2016). Além disso, 10 mil crianças foram beneficiadas em centros sociais.

“É um dia especial para a ginástica brasileira”, disse Henrique Motta, coordenador geral de eventos da CBG. “Para que a medalha aconteça, é preciso de um investimento em toda a cadeia esportiva. É preciso construir a base para ter o alto rendimento.”

A delegação brasileira se prepara para a disputa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, adiados em um ano em razão da pandemia do novo coronavírus. O evento na capital japonesa está previsto para acontecer de 23 de julho a 8 de agosto.

Brasil tem novos classificados para os Jogos Olímpicos. Confira a lista

Últimas