Tóquio 2020

Olimpíadas Bruno Guimarães afirma que seleção está preparada para final 

Bruno Guimarães afirma que seleção está preparada para final 

Jogador ressalta trajetória na preparação do ciclo olímpico e projeta uma partida disputada contra a Espanha

Agência Estado - Esportes
Bruni Guimarães ressalta trajetória da seleção antes da final contra a Espanha

Bruni Guimarães ressalta trajetória da seleção antes da final contra a Espanha

REUTERS/Mike Segar

Um trabalho de mais de dois anos, que chega ao seu capítulo final neste sábado. Foi assim que Bruno Guimarães tratou a caminhada que começou lá no Torneio de Toulon, na França, em 2019, e chega a seu ápice na final dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 contra a Espanha, em Yokohama.

Em entrevista coletiva, o meia da seleção brasileira lembrou todo o trabalho realizado até o momento e valorizou os testes feitos para que o time se fortalecesse com o passar do tempo.

"Vejo tudo isso como preparação, não só minha como do grupo, estamos muito preparados e queremos conquistar o ouro olímpico. Importante falar também de toda nossa preparação que foi muito importante, tivemos muitos jogos, diversos amistosos e a base da equipe já vem desde 2019. Foi fundamental conseguirmos reunir quase todos os jogadores que passaram pelas convocações", disse Bruno Guimarães.

Leia mais: Brasil iguala recorde de medalhas em uma edição de Jogos Olímpicos

Para o meia, a seleção brasileira foi evoluindo ao longo dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Ele falou sobre a trajetória da equipe desde a estreia, contra a Alemanha, até a classificação para a final, contra o México.

"Vejo como um bom campeonato, oscilamos entre bons e maus momentos, mas creio que os nossos bons momentos foram realmente extraordinários. Ainda temos coisas para melhorar e é normal, mas nos sentimos prontos para essa final, todo o grupo está muito confiante e muito feliz em estar aqui. Na minha opinião, foi um desempenho positivo durante a competição e vamos coroar se Deus quiser com o título olímpico", recordou.

Na final, o Brasil encontrará a Espanha, que trouxe alguns jogadores de renome para a Olimpíada. Dos 22 atletas convocados, seis faziam parte do time-base espanhol durante a disputa da Eurocopa, em junho. Esperando um grande jogo, Bruno Guimarães elogiou a rival, mas depositou suas fichas na seleção brasileira.

"Em nível, a Espanha trouxe jogadores mais experientes, mais rodados, com passagem já na Eurocopa. É uma grande equipe, vamos começar a partir de amanhã estudá-los para tentar neutralizar os pontos fortes e ver o que podemos explorar. Será um bom jogo pra quem gosta de futebol, um jogo muito difícil. Mas na nossa equipe temos vários atletas com experiência no futebol Europeu, acho importante frisar isso e vejo que é um jogo esperado não só pela gente, mas por eles também", concluiu.

Últimas