Tóquio 2020

Olimpíadas Brasil sofre com rivais e tem quatro eliminações na natação em Tóquio

Brasil sofre com rivais e tem quatro eliminações na natação em Tóquio

Equipe perdeu revezamento e três atletas não se classificaram nas provas individuais. Brasil volta à piscina nesta sexta-feira (30)

  • Olimpíadas | Do R7

Etiene Medeiros, Guilherme Costa e Bruno Fratus nadarão nesta sexta

Etiene Medeiros, Guilherme Costa e Bruno Fratus nadarão nesta sexta

REUTERS/Kai Pfaffenbach - 29/07/2021

Em dia ruim para a natação brasileira, Viviane Jungblut, Vinicius Lanza e Matheus Gonche foram eliminados nesta quinta-feira (29) nas eliminatórias de suas provas das Olimpíadas de Tóquio 2020. Ainda nesta quinta, a equipe brasileira também foi eliminada, no revezamento 4x100m medley misto.

Nas provas individuais, Jungblut alcançou o 24º lugar geral no no 800 m livre, com 8m38s88. Na prova dos 100 m borboleta, Lanza terminou foi o 26º melhor colocado (52s08), e Gonche o 43º (53s02). No revezamento, o Brasil fez 3min e 46 segundos, e ficou na 14ª posição. 

A seleção voltará à piscina já nesta sexta-feira (30), às 7h (de Brasília), para as eliminatórias dos 50m livre (Etiene Medeiros e Bruno Fratus), dos 1500m livre (Guilherme Costa) e do revezamento 4x100m medley.

Até agora, o Brasil já conquistou uma medalha de bronze na natação com Fernando Scheffer nos 200 m livre. 

Medalha de bronze! Veja fotos de Scheffer na piscina de Tóquio

Últimas