Tóquio 2020

Olimpíadas Brasil perde de virada para EUA e fica com vice da Liga das Nações

Brasil perde de virada para EUA e fica com vice da Liga das Nações

Time verde-amarelo buscava título inédito na competição, enquanto rivais lutaram pelo tricampeonato: 3 sets a 1

  • Olimpíadas | Do R7

Brasil perdeu para Estados em com parciais de 26/28, 25/23, 25/23 e 25/21

Brasil perdeu para Estados em com parciais de 26/28, 25/23, 25/23 e 25/21

Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei vai mordida para Tóquio 2020. A equipe ficou com o vice-campeonato da Liga das Nações, com a derrota para os Estados Unidos, por 3 sets a 1, nesta sexta-feira (25), em Rimini, na Itália. Essa foi a última partida oficial da equipe antes dos Jogos Olímpicos.

O placar, com parciais de 26/28, 25/23, 25/23 e 25/21, marcou o tricampeonato das norte-americanas na competição. O time brasileiro buscava o título inédito.

O time do técnico José Roberto Guimarães terminou com três atletas na seleção ideal: Gabi, Carol Gattaz e Tandara. Bartsch-Hackley, Erdem e Poutler, além da líbero Wong-Orantes completaram a seleção. Bartsch-Hackley foi eleita a melhor jogadora do campeonato.

Mas o vôlei brasileiro ainda pode conquistar a medalha de ouro no masculino. O time comandando por Carlos Schwanke, enquanto Renan Dal Zotto se recupera de complicações da covid-19, enfrenta a França na semifinal. Ainda no sábado, Polônia e Esolvênia decidem a outra vaga. 

A partida foi um tanto movimentada pelos erros de arbitragem para os dois lados. No primeiro set, sobretudo nos pontos finais, os técnicos tiveram que desafiar as marcações da arbitragem para corrigir marcações importantes. Por conta das restrições de isolamento social, a Liga das Nações não conta com árbitros de linha nos fundos da quadra, o que dificultou o trabalho dos juízes.

Depois de vencer o primeiro set, o time verde-amarelo foi superado pelo rival nos dois sets seguintes com grande atuação da oposta Andrea Drews. Com o seu braço esquerdo potente, a camisa 11 distribuiu boladas pela quadra brasileira.

No set que seria o decisivo, a equipe brasileira brigou bastante com Gabi e Carol, mas não foi o suficiente. A capitã Natália, se recuperando de lesão, teve mais tempo de quadra, mas também não conseguiu mudar o resultado da partida.

O vôlei olímpico será disputado na Ariake Arena e começa em 24 de julho, com as finais em 7 (masculino) e 8 (feminino) de agosto.

Veja 7 astros que estarão nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Últimas