Seleção brasileira

Olimpíadas Brasil empata no futebol após ficar com um a menos boa parte do jogo

Brasil empata no futebol após ficar com um a menos boa parte do jogo

Douglas Luiz foi expulso após interferência do VAR aos 12 minutos do 1º tempo. Aos 34 do 2º, jogador marfinês também foi expulso

  • Olimpíadas | Kaique Dalapola, do R7

Yoshikazu TSUNO/AFP

O Brasil empatou em 0 a 0 com a Costa do Marfim, na manhã deste domingo (25), pela segunda rodada do grupo D do futebol masculino dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. O Brasil ficou boa parte do jogo com um jogador a menos, após o volante Douglas Luiz ser expulso de campo.

O Brasil volta a campo na próxima quarta-feira (28), às 5h, contra a Arábia Saudita, pela última rodada da primeira fase. No mesmo horário, a Costa do Marfim enfrenta a Alemanha. Ainda neste domingo, às 8h30, a seleção alemã enfrenta os sauditas na outra partida da rodada pelo grupo D.

Acompanhe a cobertura completa do 3º dia dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

A partida deste domingo começou movimentada, e logo aos dois minutos de jogo a seleção brasileira tentou uma investida no ataque, com Richarlison entrando na área pelo lado direito e tentando um cruzamento, interceptado pelo goleiro Tape. O goleiro marfinês repôs a bola rapidamente para o ataque, e o meio-campista Gradel finalizou à esquerda do goleiro Santos.

Aos 12 minutos, o único atacante da seleção da Costa do Marfim tentou uma jogada em velocidade, mas foi parado com falta por Douglas Luiz. O juiz deu amarelo para o volante brasileiro, no entanto, foi chamado pelo VAR e reviu sua decisão, expulsando o jogador do Brasil.

Com 10 em campo, a seleção tentou trocar passes para chegar ao ataque, enfrentando muita dificuldade para passar pela marcação dos marfineses. Em contrapartida, a Costa do Marfim conseguiu finalizar duas vezes, exigindo defesas do goleiro brasileiro.

O primeiro tempo acabou sem que o Brasil conseguisse oferecer muito perigo para seleção africana. No entanto, os brasileiros voltaram com outra postura para a segunda etapa e conseguiram criar mais no ataque.

A primeira grande chance foi aos 12 minutos, após um belo passe de Claudinho para Matheus Cunha na entrada frontal da área, mas a finalização foi interceptada pelo defensor marfinês.

Mesmo com um a menos, o Brasil comandou todo o segundo tempo, e o treinador André Jardine fez alterações para dar mais fôlego e manter o time no ataque: entraram na partida Gabriel Martinelli, Malcom e Paulinho, nos lugares de Matheus Cunha, Antony e Richarlison.

Com o trio descansado em campo, o Brasil seguiu no ataque e ficou em igualdade numérica em campo após Eboue Kouassi receber o segundo amarelo e também ser expulsou após uma falta dura em Gabriel Martinelli.

Quatro minutos depois, Matheus Cunha conseguiu finalizar de cabeça após um bom cruzamento de Bruno Guimarães pela esqueda, mas o goleiro da Costa do Marfim caiu para defender e impedir o gol brasileiro.

No final do jogo o Brasil ainda criou oportunidades de vencer a partida, mas não teve sucesso e a partida terminou no empate.

Últimas