Tóquio 2020

Olimpíadas Anéis Olímpicos voltam à Baía de Tóquio depois de manutenção

Anéis Olímpicos voltam à Baía de Tóquio depois de manutenção

Monumento que celebra Jogos voltou a funcionar. 'Queremos que todos sintam que com certeza teremos os Jogos', disse diretor de da Tokyo 2020

Reuters - Esportes
Monumento dos Anéis Olímpicos foi acesso nesta terça-feira, em Tóquio

Monumento dos Anéis Olímpicos foi acesso nesta terça-feira, em Tóquio

Issei Kato/REuters - 1.12.2020

O monumento dos Anéis Olímpicos foi reinstalado na Baía de Tóquio nesta terça-feira, depois de ser retirado em agosto para passar por uma manutenção, agora que os organizadores estão acelerando os preparativos para os Jogos adiados para o ano que vem.

A volta do monumento, que tem 15,3 metros de altura e 32,6 metros de comprimento e foi instalado inicialmente em janeiro, deveria enviar a mensagem de que a Olimpíada está chegando, disse o diretor de planejamento do governo metropolitano de Tóquio, Atsushi Yanashimizu, à Reuters.

"Já que o símbolo está aqui, queremos que os moradores de Tóquio, e também internacionalmente, sintam que os Jogos estão chegando em breve. Também queremos que todos sintam que com certeza teremos os Jogos de Tóquio 2020 no ano que vem", disse Yanashimizu.

O monumento, que foi aceso no final desta terça-feira (horário local), continuará próximo da Ponte Arco-Íris até o final da Olimpíada, em agosto, e depois será substituído pelo logotipo da Paralimpíada.

Em marça, o Olimpíada foi adiada em um ano por causa da pandemia do novo coronavírus. Os organizadores ainda não disseram quanto o adiamento custará, mas na segunda-feira, a Kyodo News noticiou que os organizadores estimaram que as medidas para o combate à covid-19 custarão cerca 960 milhões de dólares (mais de R$ 5 bilhões).

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

É muita coragem! Youtuber desafia Conor McGregor para luta de boxe

Últimas