Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Seleções de goalball fazem últimos ajustes antes da Paralimpíadas

As Seleções Brasileiras feminina e masculina de goalball estão concentradas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7


As Seleções Brasileiras feminina e masculina de goalball estão concentradas no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, até o próximo dia 26 de junho, para mais uma semana de treinos na temporada. As atividades têm como objetivo ajustar os últimos detalhes táticos, físicos e técnicos das equipes para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024, que acontecem de 28 de agosto a 8 de setembro.

Atual medalhista de ouro do torneio e tricampeã mundial, a Seleção masculina de goalball garantiu sua vaga no megaevento após se sagrar campeã do mundo em Matosinhos, Portugal, em dezembro de 2022. Por outro lado, a equipe feminina vai à Paris-2024 por meio de convite, e busca seu primeiro pódio em Jogos Paralímpicos.

Seleção feminina

Técnico do time feminino de goalball, Alessandro Tosim afirmou que a semana de treinamentos servirá para ratificar a evolução do grupo durante a temporada. “Estamos iniciando as atividades no CT Paralímpico após uma competição muito importante, que foi a Malmo Lady Cup, na qual conquistamos a segunda colocação, ganhando de seleções muito qualificadas como China e Turquia. É nítida a evolução das atletas. Elas são muito boas e estamos trabalhando arduamente para a conquista da tão sonhada medalha paralímpica”, avaliou Alessandro, que completou:

Publicidade

“Teremos mais duas fases de treinamento, e uma delas conta com a presença do Canadá, o que faz a competitividade aumentar ainda mais. Os Jogos Paralímpicos de Paris serão muito acirrados, com os times muito parelhos. Mas podem ter certeza que as nossas jogadoras estão cada vez mais preparadas para realizar uma grande competição”, finalizou o treinador.

Seleção masculina

Pela Seleção masculina, o técnico Jônatas Castro também afirmou estar satisfeito com o nível do time em seu estágio atual. “Chegamos até aqui como imaginávamos, na parte física, tática e técnica. Agora, posso dizer que é um momento especial porque é a finalização de todo o trabalho para os Jogos Paralímpicos É um ajuste fino mesmo. Construímos tudo o que era necessário com a nossa equipe multidisciplinar para chegarmos da melhor maneira possível a Paris. Temos um desafio muito grande pela frente, que é defender o nosso título de campeões da competição”, comentou Jônatas.

GOALBALL3

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.