Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Chuva adia jogo de Melo e Matos em Wimbledon no terceiro set

Marcelo Melo e Rafael Matos têm duelo na segunda rodada de Wimbledon interrompido pela chuva no terceiro set

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7


Os brasileiros Marcelo Melo e Rafael Matos tiveram seu jogo na segunda rodada do torneio de duplas masculinas de Wimbledon adiado por conta da chuva. Eles jogavam o terceiro set contra a parceria formada pelo português Francisco Cabral e pelo colombiano Nicolás Barrientos, nesta sexta-feira (05), quando o mau tempo chegou e paralisou o duelo. Após horas de interrupção, a organização passou a partida para o sábado (06).

Enquanto estiveram em quadra, Melo/Matos e Cabral/Barrientos tiveram o saque como arma predominante na partida. Sem quebras de serviço, os dois primeiros sets foram para o tie-break. Na primeira parcial, os brasileiros desperdiçaram dois break points ao longo do set e perderam o tie-break por 7-1. Já na segunda parcial, foi a vez dos adversários perderem três break points e os brasileiros ganharam o tie-break por 7-5, forçando o set decisivo.

Pela terceira parcial, as duas duplas seguiram com bons desempenhos no saque e confirmaram seus games de serviço sem dar chances para os adversários. Eles chegaram a jogar sete games, com vitória parcial por 4/3 para Cabral/Barrientos, antes da chuva chegar e interromper o duelo. A princípio, apenas uma garoa, mas depois se seguiu por muito tempo. Assim, sem condições de jogo, o duelo foi adiado e será finalizado na manhã deste sábado (06).

Dupla brasileira

Publicidade

Este é o quinto torneio que Marcelo Melo e Rafael Matos disputam juntos neste ano. Antes de Wimbledon, eles caíram na segunda rodada de Roland Garros, outro Grand Slam da temporada. Os brasileiros acumulam ainda um título no ATP 250 de Stuttgart (grama) e eliminações na primeira rodada do ATP 250 de Eastbourne (grama) e do ATP 250 de Genebra (saibro).

Melo e Matos formaram uma dupla de olho nos Jogos Olímpicos de Paris-2024, mas ainda não conseguiram classificação. Eles são alternates e aguardam a desistência de algumas duplas para poderem disputar o maior evento esportivo do planeta, que começa em exatas três semanas, em 26 de julho. O Brasil já tem Bia Haddad, Luisa Stefani, Thiago Monteiro, Thiago Wild e Laura Pigossi garantidos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.