Esportes Melhor em campo, Rodinei elogia a evolução do Inter: 'Processo de adaptação'

Melhor em campo, Rodinei elogia a evolução do Inter: 'Processo de adaptação'

O lateral-direito Rodinei viveu uma noite inesquecível com a camisa do Internacional neste sábado. Ele deu passes para dois gols em cobranças de falta, sofreu um pênalti e marcou um gol na goleada por 5 a 0 em cima do Esportivo, no Beira-Rio, pelo encerramento da fase de classificação do Campeonato Gaúcho. Ele justificou sua atuação pela evolução de todo o time, agora mais adaptado ao estilo de jogo do técnico Miguel Ángel Ramírez.

"Quando ele (Ramírez) chegou, eu já dizia que teríamos que esperar um pouco para o processo de adaptação. Todo esquema precisa de tempo para melhorar e a evolução vai acontecer a cada jogo", proclamou o melhor jogador em campo.

Rodinei até explicou que mudou a forma de atuar, mas não reclamou de nada. Pelo contrário, só elogiou o técnico que substituiu Abel Braga após o término do Brasileirão. "Eu sempre joguei bem por fora, perto da lateral do campo. Mas agora estou entrando por dentro, porque o treinador gosta que os laterais, às vezes, façam este tipo de lance", revelou.

O lateral dedicou o gol à Maria Joana, sua segunda filha, que nasceu nesta semana, tanto que no momento do gol pegou a bola e a colocou sob a camisa. Lembrou também da primeira filha, Maria Alice, e da esposa Ana Carolina. Em alto astral, nem se queixou da falta de renovação de seu contrato, que vence dia 31 de maio. "Eu levo a vida da seguinte forma: acordo cedo e vou trabalhar. O contrato eu deixo para meu empresário resolver, porque sei que tenho as portas abertas aqui no clube", concluiu.

Outro jogador que estava satisfeito era o atacante Yuri Alberto, que há muito tempo não marcava e por isso pegou a bola para cobrar o pênalti, ainda no primeiro tempo. "Foi bom comemorar um gol de novo. Mas fizemos um grande jogo, muito intenso. Agora vamos focar terça-feira no jogo pela Libertadores, porque ficamos muito chateados com a derrota na estreia", contou.

Na terça-feira à noite, o Inter vai tentar a reabilitação na Copa Libertadores, em casa, diante do Deportivo Táchira, da Venezuela, pela segunda rodada do Grupo B. Na estreia, na altitude de La Paz, capital da Bolívia, o Inter perdeu para o Always Ready, por 2 a 0.

Últimas