Super Bowl 2019
Mais Esportes Super Bowl pode ter revanche dos Rams em cenário invertido

Super Bowl pode ter revanche dos Rams em cenário invertido

Atualmente em Los Angeles, os Rams ainda atuavam em Saint Louis quando viram seu experiente quarterback ser desbancado pelo novato Tom Brady

super bowl 2019

O veterano contra o novato, papéis se inverteram em 17 anos

O veterano contra o novato, papéis se inverteram em 17 anos

Montagem/Jay Biggerstaff e Kirby Lee/USA TODAY Sports/Reuters

Para quem acompanha a NFL há pouco tempo, Tom Brady sempre foi uma referência. Seja pelo desempenho esportivo ou pelo longo relacionamento com a modelo Gisele Bündchen, o que leva o quarterback dos Patriots a ser chamado, muitas vezes, de "marido da Gisele" ou "Giselo".

O Super Bowl 53 será transmitido pela ESPN no PlayPlus, a plataforma de streaming do Grupo Record.

Assine já o PlayPlus e acompanhe todos os canais ESPN!

Mas Tom Brady já foi um novato desconhecido, escolhido na posição 199 entre os jogadores universitários que entraram na liga em 2000. Resumindo, o titular se machucou, Brady assumiu e levou o time de New England ao Super Bowl de 2002.

Neste jogo, os Patriots eram zebras por 14 pontos nas bolsas de apostas para o time que, dois anos antes, já havia vencido o campeonato e era chamado de "o maior espetáculo da grama". Esse time era o Saint Louis Rams.

O jogo marcava o encontro entre dois quarterbacks com histórias distintas. Kurt Warner, dos Rams, já estava estabelecido como um dos grandes nomes da liga e ostentava um anel de campeão no dedo. Enquanto o jovem Tom Brady tentava provar que a boa temporada não havia sido apenas sorte. 

No final, como já é sabido, Brady conduziu o time à vitória, armando uma brilhante e ágil campanha final, calando os críticos e erguendo o primeiro troféu Vince Lombardi de sua carreira e da história do time do Estado de Massachusetts.

Depois de 17 anos chegou a hora da revanche para o, agora, Los Angeles Rams. Neste meio tempo, Brady ganhou mais quatro anéis para a coleção, colecionou recordes e é considerado por muitos como o melhor de todos os tempos.

Já os carneiros, além do retorno à Califórnia, contam com um quarterback, em seu terceiro ano na liga, tentando provar a todos que é mais do que apenas uma peça que um bom técnico conduz como quer. 

A história se inverteu. O estádio mudou, de Nova Orleans para Atlanta são 756 quilómetros de distância. Será o suficiente para o final também ser diferente? Ou será que o ciclo se fechará e Brady vai precisar da outra mão para empunhar seu 6º anel? As respostas? Somente no dia 3 de fevereiro.

Resistentes! Relembre atletas que continuaram a jogar depois dos 40