John John Florence fala sobre a Olimpíada de 2020 e a etapa de Pipeline

O havaiano John John Florence demonstra estar confiante para etapa de Pipeline, porém ainda não sabe se poderá competir. Ele falou do tema em uma entrevista para a revista australiana Stab Mag publicada ontem 25/11/2019. Vale lembrar que John John Florence sofreu uma lesão no joelho este ano durante a etapa do Rio de Janeiro. …

O havaiano John John Florence demonstra estar confiante para etapa de Pipeline, porém ainda não sabe se poderá competir.

Ele falou do tema em uma entrevista para a revista australiana Stab Mag publicada ontem 25/11/2019.

Vale lembrar que John John Florence sofreu uma lesão no joelho este ano durante a etapa do Rio de Janeiro. Saiba Mais

Na época, convidamos um especialista para falar do assunto. Veja as explicações para a lesão em detalhes Saiba Mais

E recentemente a LivreSurf adiantou as intenções de John John Florence de voltar ao tour ainda este ano. Saiba mais

John John

John John

Livre Surf
John John John John Florence fala sobre a Olimpíada de 2020 e a etapa de Pipeline

Nesta última etapa do ano em Pipeline, John John pode voltar a competição e a briga direta pela vaga para as olimpíadas, sabendo que não será fácil, por ter grandes adversários a sua frente.

Durante esta semana ele falou com a Revista Stab sobre a vaga Olímpica e sobre seus objetivos e a LivreSurf não poderia deixar de passar a informação para vocês.

John John e Seth Moniz competem no CT representando o Havaí, porém para o Comitê Olímpico Internacional, eles representam os Estados Unidos e brigam diretamente com Kelly Slater pela última vaga.

O Havai é um estado norte americano, mas por uma questão de tradição no surf a WSL mantém a separação, nas Olimpíadas isso não acontecerá.

Kolohe Andino é o único já garantido entre as duas vagas, ele está em quinto lugar no ranking com 44.665 pontos.

Seth é o atual 12º no ranking, com 27.535 pontos, Kelly Slater aparece em 10º, com 30.090 pontos. Já John John, que não competiu nos últimos cinco eventos, aparece em 8º, com 33.220 pontos.

John John nunca venceu uma etapa do CT em Pipeline. Em 2013, ele foi vice, etapa que Kelly Slater venceu, e em 2017 perdeu a final para o francês Jeremy Flores.

No último ano (2018), não participou do Pipemaster devido a sua lesão no joelho, o mesmo que voltou a apresentar problemas neste ano e teve de passar por uma cirurgia.

John John

John John

Livre Surf
John John

Disse o atleta a respeito das olimpíadas e desta última etapa:

Eu acho que a vaga das Olimpíadas, seria uma oportunidade incrível e algo muito divertido de se fazer parte.

Mas parece que ainda há muito a acontecer.

Kelly tem que fazer quartas ou algo assim e, depende de mim também, meu objetivo é surfar em Pipe, mas se meu joelho não estiver 100%, realmente bom, provavelmente não arriscarei.

Se meu joelho estiver bem e eu puder surfar, eu vou conseguir.

Meu objetivo é fazer as Olimpíadas, vou fazer isso, dando meu melhor. Mesmo que eu precise fazer algumas manobras radicais para tentar diminuir a velocidade de Kelly, porque ele é muito bom em Pipe, principalmente se estiver grande, ele é uma pessoa realmente assustadora.

E eu sei que ele realmente quer estar nas Olimpíadas

Para John John as olimpíadas serão uma experiência única, por ser um aprendizado para os atletas e é a verdadeira evolução do esporte.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf
John John Florence

Quando se fala das ondas do Japão ou um local para fazer as Olimpíadas ele diz:

Eu acho que a piscina teria sido bem legal.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf
Gabriel Medina

Sendo na Piscina de onda, não acha que ficaria mais fácil para os brasileiros Filipe Toledo e Gabriel Medina, caso estes sejam os representantes brasileiros:

Acho que não.

Acho que com tempo e prática suficientes, muitos caras podem se tornar realmente bons na piscina.

Gabriel Medina e Filipe Toledo são muito, muito bons tecnicamente e é isso que os torna tão bons na piscina, eles são realmente perfeitos.

Para as Olimpíadas, acho que se você puder imaginar ser como um estádio ou um tipo de arena olímpica, estar lá seria bem legal.

Toda aquela pressão que se baseia nessa onda seria louco. Apenas a atmosfera já seria muito legal.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf

Talvez John John possa não estar lá ano que vem.

Se isso acontecer ele vai precisar esperar mais quatro anos, e estará com seus 30 anos de idade na olimpíada.

Já para Kelly Slater provavelmente é sua última chance por já ter 47 anos.

Disse John John a respeito de Slater:

Então, Slater tem 11 títulos mundiais.

Eu não estou pensando nisso realmente. Eu só quero tentar participar, se puder. E eu acho que de qualquer maneira, vai ser muito divertido.

#estamosnatorcida