Livre Surf Gabriel Medina e Italo Ferreira são o Brasil nas quartas de final

Gabriel Medina e Italo Ferreira são o Brasil nas quartas de final

E o Billabong Pipe Masters volta a ficar on, no último dia de sua janela com uma missão de maratonar tanto o campeonato masculino, como também o feminino. As ondas começaram o dia com um Pipe pequeno, 4ft mas com bastante área surfável. Se você acompanhou o evento na sexta, vai gostar de ler nossa …

Livre Surf

E o Billabong Pipe Masters volta a ficar on, no último dia de sua janela com uma missão de maratonar tanto o campeonato masculino, como também o feminino.

As ondas começaram o dia com um Pipe pequeno, 4ft mas com bastante área surfável.

Se você acompanhou o evento na sexta, vai gostar de ler nossa reportagem sobre o primeiro dia, clicando aqui.

Italo Ferreira

Italo Ferreira

Livre Surf
PIPELINE, HI – DECEMBER 17: WSL Champion Italo Ferreira of Brazil winning Heat 9 of Round 3 of the Billabong Pipe Masters Presented by Hyro Flask on December 17, 2020 in Oahu, Hawaii. (Photo by Tony Heff/World Surf League via Getty Images)

Round of 16 do Billabong Pipe Masters

A experiência de Kelly Slater fez a diferença na disputa contra Jack Robinson, sabendo que as ondas boas eram raras no dia de hoje, tão logo ele conseguiu as suas surfou até o último instante, fazendo o máximo de manobras possíveis.

Jack, escolhendo melhor, acabou surfando menos e parou por aqui.

Na sequência tivemos Italo Ferreira contra outro australiano, Ryan Callinan.

Italo iniciou os trabalhos, ainda com a primeira bateria rolando, pelo formato dual heat, fazendo pequenos tubos tanto para Pipe quanto para Backdoor. Ryan só acordou, quando faltavam 10 minutos e começou a pegar ondas auxiliares, uma vez que Italo estava na frente e segurava a prioridade.

O segundo brasileiro a cair na água no dia de hoje, foi Miguel Pupo, contra o especialista em tubos, Jeremy Flores. Mas o mar tinha raríssimos tubos bons e isso deve ter impactado o resultado de Jeremy Flores no início da bateria. Mas o francês encontrou uma bom tubo em uma onda pequena e como precisava de pouquíssima nota conseguiu virar.

O bicampeão mundial de surf, o brasileiro Gabriel Medina veio na sequência contra o australiano Jack Freestone. Medina, mostrou sua incrível capacidade de arrancar leite de pedra, pontuando bem mesmo em onda pequena (para os padrões de Pipe).

Gabriel Medina

Gabriel Medina

Livre Surf
PIPELINE, HI – DECEMBER 17: Two-time WSL Champion Gabriel Medina of Brazil winning Heat 13 of Round 3 of the Billabong Pipe Masters Presented by Hyro Flask on December 17, 2020 in Oahu, Hawaii. (Photo by Brent Bielmann/World Surf League via Getty Images)

Jadson Andre chegou surfando em sua bateria contra o japonês Kanoa Igarashi. Jadson mandou de cara um aéreo, não tão expressivo e um layback.

Igarashi não teve dificuldades em fazer a virada e deixar Jadson tendo que acertar um tubo bem deep para conseguir recuperar a dianteira. O que infelizmente não aconteceu.

#EstamosNaTorcida

Últimas