Como ficou a briga pelo título mundial após a nona etapa na França

Após uma semana de grandes emoções na França 5 atletas tem chances matemáticas de ser campeão mundial apesar de Medina estar na frente. Se você quiser saber o que escrevemos sobre a última etapa do campeonato mundial, clique aqui. Como ficou a briga pelo título mundial após a nona etapa na França Após uma semana …

Após uma semana de grandes emoções na França 5 atletas tem chances matemáticas de ser campeão mundial apesar de Medina estar na frente.

Se você quiser saber o que escrevemos sobre a última etapa do campeonato mundial, clique aqui.

Gabriel Medina

Gabriel Medina

Livre Surf
Gabriel Medina Como ficou a briga pelo título mundial após a nona etapa na França

Após uma semana de grandes emoções na nona etapa do circuito mundial de surf, nosso brasileiro Ítalo Ferreira foi vice-campeão na França e subiu da quinta para quarta posição no ranking mundial, com 42.400 pontos.

Com um surf consistente de grandes manobras, Italo acabou mostrando que ainda tem grandes chances de ganhar o título mundial e de trazer para si a vaga olímpica.

Italo tem como arma suas manobras fortes e sua atitude durante baterias difíceis, o surfista de Baia Formosa com certeza será um futuro campeão mundial, mais este ano terá que ralar bastante até lá.

Italo Ferreira

Italo Ferreira

Livre Surf
Italo Ferreira

O líder do ranking, o bicampeão mundial Gabriel Medina tropeçou nas expectativas desta etapa e perdeu nas oitavas de final, apesar de seu gigante histórico na França a lycra amarela parece que pesou em seu desenvolvimento na bateria.

Gabriel Medina Campeão Mundial em Portugal?

Medina é o mais completo entre todos os surfistas na corrida, surfa em quaisquer condições e é um excelente competidor, tem manobras aéreas e sabe entubar em qualquer tamanho.

A matemática chegou a ser usada por alguns sites para alegar a possível vitória de Medina já em Portugal. Digamos que é possível, mas improvável. E acima de tudo, não depende só dele.

Para isso acontecer, Medina deve abrir uma vantagem maior que 10.000 pontos de qualquer um de seus adversários.

Digamos que Medina vença em Portugal, ele chega a 58.015 pontos, logo a pontuação máxima que seus concorrentes podem atingir para dar a vitória ao surfista de Maresias é 48.014 pontos.

Esta possibilidade só acontece se as condições abaixo acontecerem:

Filipe Toledo for eliminado antes ou até o terceiro round de Portugal (só aconteceu em Margareth River e França); Jordy Smith for eliminado antes ou até o quarto round de Portugal; Italo Ferreira for eliminado antes ou até as quartas de final

Se qualquer um destes surfistas passar por estes rounds, a decisão fica para Pipe, pois haverá a possibilidade da superação dos pontos de Gabriel Medina.

Filipe Toledo

Filipe Toledo

Livre Surf
Filipe Toledo

Filipe Toledo que nas últimas duas etapas competiu machucado, nesta etapa da França perdeu no round 3 a competição.

Foi em uma bateria de ondas regulares e muito disputada e continua na vice liderança do ranking com 45.730 pontos.

Filipinho tem um surf acima dos demais em ondas pequenas para aéreos, porém em ondas grandes e tubulares ainda está em evolução, tem sangue competitivo e um excelente histórico de vitórias em sua carreira.

Jordy Smith

Jordy Smith

Livre Surf
Jordy Smith

O sul africano Jordy Smith é um surfista completo.

Atualmente está em terceiro com 43.515 pontos mas não nos restrinjamos aos pontos, mas a capacidade deste surfista em diferentes condições.

Terceiro lugar de Pipe em 2018, mas na etapa de Portugal do ano passado não foi bem.

Ainda assim, com Filipe machucado, e precisando mostrar muito em condições que ainda está desenvolvendo, coloca Jordy Smith como uma ameaça maior.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf
Kolohe Andino

O norte americano Kolohe Andino apesar de ter chance de ser campeão mundial na quinta colocação, nunca venceu uma etapa.

Já discorremos sobre isso aqui na LivreSurf uma vez, é quase impossível vencer o tour mundial sem vencer ao menos uma etapa.

Ranking mundial até o momento

Os 5 atletas disputam o título mundial de 2019 e também a vaga para os Jogos Olímpicos 2020, entre eles o único já garantido nos jogos é Jordy Smith por ser o único surfista sul africano entre os 10 melhores, sendo que cada país só poderá ser representado por, no máximo, dois atletas.

A etapa de Portugal começa já já no dia 16 de Outubro.

#estamosnatorcida.