Livre Surf Carissa Moore e John John Florence vencem a tríplice coroa 

Carissa Moore e John John Florence vencem a tríplice coroa 

Em formato diferente devido à pandemia de Covid- 19 Carissa Moore e John John Florence ganharam a Tríplice Coroa do Surf da Digital Vans Carissa Moore e John John Florence vencem a tríplice coroa Carissa Moore e John John Florence sempre surfaram juntos desde que eram groms. E, em grande parte, sua trajetória tem sido …

Livre Surf

Em formato diferente devido à pandemia de Covid- 19 Carissa Moore e John John Florence ganharam a Tríplice Coroa do Surf da Digital Vans

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf

Carissa Moore e John John Florence vencem a tríplice coroa

Carissa Moore e John John Florence sempre surfaram juntos desde que eram groms. E, em grande parte, sua trajetória tem sido praticamente a mesma: ganhar vários títulos mundiais.

Agora, juntos novamente, eles ganharam a Tríplice Coroa do Surf da Digital Vans, no primeiro ano em que homens e mulheres competiram coletivamente em Pipeline, Haleiwa e Sunset.

A vitória de Moore é uma recompensa adequada após um inverno em que ela aproveitou os limites no North Shore, incluindo surfar na final do primeiro torneio feminino em Pipeline.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf
Disse Moore à WSL:

“Eu praticamente surfava no North Shore quase todos os dias, moro na cidade, mais fazia a viagem provavelmente cinco a seis vezes por semana”,

Já John John Florence está no quarto título da Tríplice Coroa, embora o formato possa ter sido diferente este ano devido à pandemia de Covid, ele garante ainda mais sua posição entre os surfistas do Havaí, com várias vitórias da Tríplice Coroa como Andy Irons, Sunny Garcia e Derek Ho.

Disse John John Florence:

“É um evento muito legal porque permite muita liberdade e realmente permite aos surfistas irem além em suas ondas, em vez de construir uma estrutura de bateria em curtos 30 minutos e tentar pegar as melhores ondas que puder neste tempo.

Embora os concorrentes possam não ter enfrentado a pressão de uma bateria tradicional, a ênfase adicional na criatividade e a necessidade de ser determinado sem a pressão do tempo adicionaram um novo desafio.

Livre Surf

Livre Surf

Livre Surf

No que diz respeito às inscrições para o formato digital deste ano, as ondas de Florence em Haleiwa serão algumas das melhores de todos os tempos ele conseguiu 29 pontos de 30 possíveis a maior pontuação do evento.

Disse John John Florence:

“Quando comecei, estava pensando em fazer uma grande rasgada e senti que estava indo muito rápido no movimento, saindo da rasgada eu não esperava que o tubo estivesse bem ali.

Eu meio que subi e fiquei tipo, oh um tubo. E foi simplesmente um double up perfeito e eu apenas fiquei lá e então sai e tinha aquela seção final. “

Assista abaixo suas performances no evento:

Os vencedores também foram anunciados para cada local individual, com Moana Jones-Wong e Florence vencendo em Pipeline.

Enquanto isso, Carissa Moore e Florence foram os dois melhores surfistas em Haleiwa, enquanto Bronte Macaulay e Florence venceram no Sunset. Tatiana Weston-Webb e Jack Robinson venceram na categoria Fan Vote.

A competição foi baseada nas inscrições de vídeos de cada surfista de Pipeline, Sunset Beach e Haleiwa entre 21 de dezembro e 15 de janeiro.

Pontuação de um painel de três jurados credenciados internacionalmente da WSL que foram guiados pelos critérios da WSL e também pelos Critérios Especiais da Vans: Auto- expressão, inovação e progressão, bem como surfe apropriado ao local, as duas primeiras ondas de cada local foram contadas na pontuação final.

E a LivreSurf parabeniza John John Florence e Carissa More por mais um título conquistado.

#estamosnatorcida

Últimas