Vice de futebol do CRB cita aprendizados de 2019 e faz projeção da temporada

Para Tiago Paes, foi de suma importância o processo de implantação de uma filosofia onde a prioridade é o uso de jogadores mais jovens e também vindos da base Regatiana

Lance

Lance

Lance

Depois de boa temporada feita no ano passado, a equipe do CRB tenta ir além para 2020. Na visão do vice-presidente de futebol e executivo do clube, Thiago Paes, falou sobre o projeto para o time de Maceió nesta temporada. O executivo que assumiu o cargo no começo de 2019 acredita, aliás, que já conseguiu mudar alguns aspectos na filosofia de trabalho praticada no clube Regatiano:

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

- Pude ser convidado pelo presidente Marcos Barbosa para ser vice de futebol e, posteriormente, executivo do clube. Foi um ano que tentamos mudar um pouco a filosofia dentro do CRB, prezamos por um elenco mais jovem e investindo na base. Particularmente prezo pela formação de um atleta durante sua categoria de base, eu acho que é importante você ser um clube formador.

Paes ainda falou sobre a chance do clube de jogar a principal divisão do país, fato que bateu na trave na último Brasileirão da Série B.

- Lógico que ao final da competição você fica com o gostinho de que, com a equipe de qualidade que teve e boa campanha como visitante, o acesso poderia ter vindo. Tenho certeza que 2019 ficaram muitos aprendizados para que neste ano possamos ir mais longe - afirmou o homem forte no futebol do Galo da Praia.

Em 2020, o clube já contratou 18 atletas para a disputa do Estadual, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Brasileirão, e se desfez de nove. Essa movimentação, em análise feita pelo dirigente, mostra a motivação da diretoria para alcançar seus objetivos na atual temporada.

- Para o ano de 2020 temos uma ideia inicial de usar jogadores criados aqui, mantivemos alguns atletas do nosso interesse e a cima de tudo mantivemos um perfil de contratações. O time do CRB hoje é um elenco de muito intensidade, muita imposição física, é um time rápido e temos algumas peças mais experiente que vem para dar maturidade maior ao grupo - comentou o vice de futebol, antes de completar.

- Estamos muito focados em retomar o título do Alagoano, também temos a Copa do Brasil, competição extremamente importante para nosso orçamento. Já a Copa do Nordeste é um torneio que sempre chegamos fortes, e esse ano não será diferente. E a Série B, onde o principal foco é conquistar o acesso - finalizou.