Lance Verdasco vence no Rio Open e comemora fim de jejum

Verdasco vence no Rio Open e comemora fim de jejum

Espanhol não vencia há mais de dois anos neste tipo de torneio. Ele encontrou Filipe Luís após a partida

Lance
Lance

Lance

Lance

Ex-top 10 do mundo e atual 172º colocado, Fernando Verdasco conquistou uma grande vitória nesta terça-feira garantindo vaga nas oitavas de final do Rio Open. Ele passou pelo sérvio Dusan Lajovic, 39º colocado, por 7/6 (7/4) 6/3.

Foi sua primeira vitória em um torneio ATP 500 desde Viena, na Áustria, no fim de 2019. O espanhol comentou sobre os problemas físicos que teve nos últimos dois anos com cirurgias e torneios menores que teve que disputar. No começo do ano esteve no challenger de Blumenau (SC).

"Estou muito feliz, fazia muito tempo que não conseguia uma vitória em um ATP 500 por conta das lesões que tive as cirurgias no cotovelo e no joelho nos dois últimos anos e agora aproveitando que estou com ranking protegido até próxima semana em Acapulco é buscar vitórias é muito importante para mim, é pelo que estou lutando, buscar voltar a estar entre os melhores, jogar os principais torneios, os Grand Slams e para isso está claro que essas semanas na América do Sul que cada vitória soma muito", disse o veterano de 38 anos que encara o argentino Federico Coria por vaga nas quartas de final.

"Estou fazendo um bom trabalho, buscando fazer tudo da melhor maneira possível , às vezes as coisas acontecem, às vezes demoram mais. Essas semanas são muito importantes para mim pois quando acabar o ranking protegido posso precisar jogar os challengers e aí ter que ganhar muitos jogos para somar os 45 pontos que somei hoje só ganhando uma partida".

"Ano passado joguei no máximo seis torneios sem dores, nunca tinha acontecido na minha carreira, não podia treinar, passei um ano tendo operado justo em novembro no joelho e essa pré-temporada foi muito importante para estar em uma dinâmica de treinamento duros e acostumar meu corpo ao que vem de jogos duríssimos podendo lutar e vencedor".

Verdasco disse ser muito amigo de Filipe Luís, atleta do Flamengo no futebol. Os dois se encontraram no treinamento na segunda-feira e o lateral do time carioca acompanhou sua estreia nesta terça: "É amigo meu, quando ele estava no Atlético de Madri , eu sou de Madri, temos amigos em comum, sempre mantivemos contato, já tinha dito se tivesse aqui no Rio ele veria me ver e aqui está".

Últimas