Lance Tsitsipas domina Ivashka e encara Minaur nas 4ªs em Roterdã

Tsitsipas domina Ivashka e encara Minaur nas 4ªs em Roterdã

Grego confirma contratação de Thomaz Enqvist, antigo rival de Guga Kuerten

Lance
Lance

Lance

Lance

Principal favorito na chave do ATP 500 de Roterdã, na Holanda, o grego Stefanos Tsitsipas, quarto da ATP, segue firme na competição e superou o bielorrusso Ilya Ivashka, 48º, em 1h12 de partida para se garantir nas quartas de final, onde encara Alex de Minaur.

Tsitsipas dominou por completo o bielorrusso e fechou o placar em 6/4 6/1 tendo disparado nove aces contra dois de Ivashka, que cometeu as três duplas-faltas da partida e venceu 63% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 85% de aproveitamento do grego.

Firme no saque, Tsitsipas buscou forçar as devoluções de saque e pressionou o rival, que salvou breakpoints no 2º e 4º games, mas acabou quebrado no 10º game e saiu perdendo o jogo.

Na segunda etapa, Tsitsipas seguiu firme, abriu 5/0 com quebras no 2º e 4º games e administrou.

Nas quartas de final, Tsitsipas encara o australiano Alex De Minaur, 34º, a quem já enfrentou e venceu em seis oportunidades no circuito.


Tsitsipas confirma Enqvist como seu novo treinador

O grego Stefanos Tsitsipas, quarto da ATP, confirmou nesta quinta-feira que adicionou a sua equipe técnica o sueco, ex-top4 da ATP, Thomas Enqvist à sua equipe de treinadores. Enqvist será um super-treinador e auxiliará o pai e treinador de Tsitsipas, Apostolos.

"Enqvist é uma adição à minha equipe", confirmou Tsitsipas hoje em Roterdã. O grego está trabalhando com o tenista sueco nesta semana e não conta com a presença do pai no torneio. "Todos sabemos que o Apostolos continua a ser o meu treinador principal", esclareceu.

Ainda segundo o que o tenista informou, não há um plano de presença de Enqvist no circuito o acompanhando. "No momento em que estamos testando, não sabemos quantas semanas iremos colaborar ao longo do calendário. Ele tem muita experiência no circuito e está aqui terá para me ajudar e me dar outra perspectiva, me oferecer novas ideias. Eu o respeita muito, estou aqui para ouvir tudo o que ele tem a dizer, temos uma química muito boa”, concluiu.

Ex-top 4 da ATP em ranking alcançado em 1999, Thomas Enqvist foi vice-campeão do Australian Open naquele ano e três títulos de Masters 1000 (Paris 1996, Stuttgart 1999 e Cincinnati 2000) como melhores resultados da carreira.

Últimas