Titular em dois jogos em 2019, Jean deve ser novidade no Palmeiras

Lateral e meia, camisa 17 é o principal candidato a jogar na defesa contra CSA, pois Marcos Rocha está suspenso, e Mayke se recupera de uma cirurgia

Jean só foi titular em um jogo do Brasileiro, contra o Vasco, na 12ª rodada

Jean só foi titular em um jogo do Brasileiro, contra o Vasco, na 12ª rodada

Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Sem um lateral-direito de ofício à disposição contra o CSA, Mano Menezes deve dar chance para Jean fazer sua terceira partida como titular no ano. Ele só começou atuando duas vezes na temporada pelo Palmeiras, e está sendo preparado para o confronto de quinta-feira (26), pelo Campeonato Brasileiro.

Veja mais: Corinthians fala em manter estilo para ter chances na Sul-Americana

Marcos Rocha esteve em 35 dos 51 jogos do Verdão em 2019. Dono da posição, o camisa 2 recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Fortaleza e terá de cumprir suspensão automática. No Brasileiro, jogou 18 das 20 rodadas.

Mayke, destaque em 2018, atuou menos, apenas 17 vezes no ano, por conta de problemas físicos. Após dores no músculo adutor e púbis, ele passou por um procedimento cirúrgico e se recupera bem - há a expectativa de que retorne aos trabalhos com o grupo em cerca de um mês.

O Palmeiras só não teve Marcos Rocha no Brasileiro contra o CSA, na segunda rodada (Mayke o substituiu), e contra o Vasco, na 12ª. Jean foi o escolhido para atuar nesse jogo, que acabou empatado em 1 a 1, no dia 27 de julho.

Além desta partida, o camisa 17 só esteve entre os titulares na vitória sobre a Ponte Preta por 1 a 0, ainda na fase de grupos do Campeonato Paulista, dia 20 de março. Nos outros três jogos em que entrou no segundo tempo, teve apenas 66 minutos somados.

Veja mais: Bernardo Silva é acusado de racismo por postagem envolvendo Mendy

Com 126 jogos pelo Verdão, Jean foi peça importante na lateral direita em 2016, quando o time conquistou o título brasileiro - foram 53 partidas e oito gols. Em 2017, a frequência diminuiu, mas disputou outros 41 jogos e marcou mais quatro vezes.

O ano de 2018, porém, começou mais complicado, já que as dores por conta de um problema de cartilagem no joelho direito passaram a atrapalhá-lo mais. O clube decidiu operá-lo e considerou ter tido bons resultados, já que Jean conseguiu voltar a tempo de disputar um turno do Brasileiro e ser usado com frequência por Felipão na campanha do título brasileiro. Foram 26 jogos ao longo da última temporada.

Veja mais: Jogador é levado para o hospital no porta-malas de um táxi na Bolívia

Os seis jogos de 2019, portanto, fazem este ano aquele com menos chances, ainda que estivesse à disposição na maior parte do tempo. Com concorrência maior no meio-campo, sua posição de origem, ele deve ser novamente deslocado de posição diante dos desfalques.

O treino de segunda não deu indicativos da escalação para o confronto de quinta, no Pacaembu, mas a comissão técnica preferiu deixar Jean na parte interna para fazer um trabalho com carga individualizada, já pensando no CSA. O embate da 21ª rodada está marcado para as 19h15.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Craques ousam no estilo na premiação de melhor do mundo