Tóquio 2020

Lance Sifan Hassan vence nos 10.000m e entra para a história olímpica

Sifan Hassan vence nos 10.000m e entra para a história olímpica

Ela foi a primeira a ficar com medalhas nas três provas de fundo; nos 1.500m masculino, norueguês Jakob Ingebrigsten foi ouro

Lance
  • Lance | por Lance

Sifan Hassan continua escrevendo o seu nome na história dos Jogos Olímpicos. A holandesa venceu a final dos 10.000m feminino, na manhã deste sábado (7), e conquistou a medalha de ouro. Kalkidan Gezahegne, do Bahrein, ficou com a prata, e Letesenbet Gidey, da Etiópia, completou o pódio.

Com o resultado, Sifan Hassan entrou para a história por ser a primeira a conquistar medalhas, em uma mesma Olimpíada, nas três provas de fundo do atletismo. Ela ficou com o ouro nos 5.000m e foi bronze nos 1.500m nos Jogos do Japão.

Sifan Hassan terminou a prova deste sábado em 29min55s32. A holandesa acelerou na curva final e deixou para trás a recordista mundial Letesenbet Gidey (30min01s72), que caiu para o terceiro lugar, sendo superada por Kalkidan Gezahegne (29min56s18), do Bahrein.

Ouro e recorde nos 1.500m masculino

O norueguês Jakob Ingebrigsten venceu a prova dos 1.500m masculino com direito a recorde olímpico. O norueguês terminou a prova em 3min28s32 e impôs uma nova marca a ser quebrada. O queniano Cheruiyot (3min29s01) e o britânico Josh Kerr (3min29s05) completaram o pódio.

Últimas