Lance São Paulo será sede de Campeonato Mundial de vela só para mulheres

São Paulo será sede de Campeonato Mundial de vela só para mulheres

Troféu Marina Prada serviu de aquecimento para o evento, que começa nesta quarta

Lance
Lance

Lance

Lance

O Mundial Feminino da classe snipe tem início nesta quarta-feira, na raia da Represa do Guarapiranga, em São Paulo (SP), e vai até sábado. Ao todo 34 duplas participaram do campeonato de vela 100% para mulheres.

As velejadoras Juliana Duque e Mila Beckerath (YCB) ficaram com o título do Troféu Marina Prada 2021, evento da classe Snipe realizado no último fim de semana, no Yacht Club Paulista (YCP), que serviu de esquenta para o Mundial.

As baianas tiveram o melhor desempenho nas três provas realizadas, tirando um segundo, um primeiro e um quarto. O vice-campeonato ficou com Martha Rocha e Larissa Juk (ICSC/MB) e o terceiro com as vencedoras de 2020, Carolina Sacconi e Mariana Peccicacco (YCSA-SP).

Juliana Duque é apontada como uma das favoritas ao título mundial. A medalhista pan-americana foi campeã da edição 2016 do evento internacional, realizado em Bracciano, na Itália. Naquele ano, a proeira de Duque foi Amanda Sento.

- Em 2016, eu não apenas ganhei o Mundial Feminino, mas com o Rafael Martins o Sul-Americano geral. Essa conquista me fez levar a sério o esporte e sonhar mais alto - disse Juliana Duque.

Em segundo lugar do Troféu Marina Prada, Martha Rocha e Larissa Juk se juntaram para levar experiência à raia do Mundial. As duas fazem parte do crescimento da vela feminina no País, trabalhando como treinadoras e velejadoras profissionais.

- Tudo quase pronto. A gente está preparando o barco, chegamos alguns dias antes para treinar e ajeitar o veleiro. Isso é uma missão que me toca. Amo vela e, especificamente, ver mais mulheres é um grande sonho. Tenho muitas amigas que começaram a encarar a vela como profissão. Então, essas velejadoras começaram sendo minhas amigas, a gente se conheceu na vela e está quase todo mundo correndo - disse Martha Rocha.

Na versão júnior, Marina da Fonte e Alexia Buuck (YCP-SP) foram as vencedoras, seguidas por Gabriela Bartjotto e Sara Strauss (YCSA-SP), e Valentina Pizzato e Isabela Raymann (CDJ-RS) .

A regata no Yacht Club Paulista foi uma homenagem à avó de Paola Prada, secretária nacional da classe, e do medalhista olímpico Bruno Prada, que sempre prestigiou a Represa do Guarapiranga e o YCP.

Últimas