Lance Roberto Fernandes tenta manter esperança do Santa Cruz em fugir da degola

Roberto Fernandes tenta manter esperança do Santa Cruz em fugir da degola

Com cinco pontos de desvantagem para o oitavo colocado do Grupo A, Cobra Coral precisa tirar diferença em três rodadas

Lance
Lance

Lance

Lance

Perder para o Paysandu por 1 a 0 na última rodada da Série C deixou a situação do Santa Cruz no torneio necessitando quase que um "milagre" para escapar do rebaixamento.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Todavia, em entrevista dada depois do revés na cidade de Belém, o técnico Roberto Fernandes se apegou ao desempenho da equipe, a atuação prejudicial da arbitragem e as possibilidades matemáticas para seguir acreditando em evitar a segunda queda na história do clube para a Série D.

- É muito difícil, não vamos iludir o torcedor, não. Agora, matematicamente, tem chance. E, se matematicamente tem chance, tem esperança. Enquanto há esperança, há vida - afirmou o treinador, emendando:

- O Santa Cruz, nesse segundo turno, até o jogo de hoje (domingo), era o quarto colocado. Então, hoje, o Santa Cruz é uma equipe competitiva no nível da competição. Se a gente não é melhor, a gente também não é pior do que ninguém. O resultado aqui não foi porque o Paysandu foi melhor, foi porque houve uma influência direta da arbitragem. Então isso é o que nos dá esperança.

Precisando tirar cinco pontos de desvantagem para o Floresta, atual 8° colocado do Grupo A com 16 unidades, o Santa, lanterna da mesma chave com 11 pontos, joga sua vida na competição diante do Altos. O confronto do próximo sábado (11), às 17h (de Brasília), acontece no Arruda onde um resultado diferente da vitória pode sacramentar o destino do time Coral.

Últimas