Palmeiras faz primeiro jogo em 2020 sem nenhum garoto entre os titulares

Times duelam neste sábado, às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. Gabriel Menino e Wesley perderam as vagas na equipe alviverde

Lance

Lance

Lance

O Palmeiras visita a Ponte Preta, neste sábado, às 19h30, e pela primeira vez na temporada não terá nenhum dos garotos recém-promovidos entre os titulares. Enquanto Ramires e Zé Rafael formarão a dupla de volantes, Willian jogará próximo de Luiz Adriano nesta quinta rodada do Campeonato Paulista.

Desde a Florida Cup, pelo menos um dos meninos fez parte dos 11. Na derrota para o Red Bull Bragantino, o técnico havia escalado Gabriel Menino e Wesley, mas ambos perderam as vagas para Zé e Willian. Segundo Luxa, isto é também uma forma de proteger os dois, substituídos no intervalo.

- A gente sente que às vezes a entrada de um moleque na repetição de um jogo ruim pode queimar. Os meninos são de ouro e temos de ter cuidados com eles - afirmou, em entrevista à TV Palmeiras.

Patrick de Paula, Gabriel Menino, Veron e Wesley foram os jogadores que já foram titulares em algum momento na temporada. Além deles, Esteves, Pedrão e Alan foram promovidos do sub-20 e aguardam uma oportunidade no Paulistão - enquanto o meia e o zagueiro ao menos jogaram na Florida Cup, o lateral-esquerdo nem isso conseguiu até agora.

Luxa quer também ver uma resposta dos jogadores mais experientes que jogarão contra a Ponte Preta. O jogo é considerado relevante internamente, já que o Verdão é o terceiro colocado em sua chave, com sete pontos - Santo André, com nove, e Novorizontino, com oito, estão na frente.

Além disso, atletas como Ramires e Luiz Adriano têm desempenho questionado, e o técnico espera ver uma postura diferente em relação a do ano passado daqueles que forem escalados no Moisés Lucarelli.

Veja a lista completa do desempenho dos garotos no ano:

- Esteves: é o terceiro lateral-esquerdo do elenco e não jogou nem na Florida Cup. Já tem poucas chances e ganhará em breve a concorrência de Matías Viña, único reforço para a temporada;

- Pedrão: atuou por um tempo na Florida Cup, mas nem está inscrito no Paulistão até agora. Quando o Palmeiras negociava com Rony, chegou a ter cotada sua ida para o Athletico e o negócio esfriou. É o sexto zagueiro do grupo;

- Gabriel Menino: é um dos que mais jogaram - foram cinco partidas, sendo três pelo Paulista e duas pela Florida Cup. Ganhou a vaga com desempenho elogiável desde a pré-temporada, mas saiu no intervalo contra o Bragantino após uma atuação abaixo. Ficará no banco neste sábado;

- Patrick de Paula: titular na estreia da Florida Cup, perdeu a vaga para o amigo Gabriel Menino, mas já fez três partidas em 2020, inclusive parte do clássico contra o São Paulo. É outra opção para o segundo tempo;

- Alan: só jogou no segundo tempo das duas partidas da Florida Cup e foi bem, mas no Paulista ainda está zerado. Virou a terceira opção na meia, atrás de Lucas Lima e Raphael Veiga;

- Veron: aquele com maior expectativa, o atacante de 17 anos de idade tem tido um 2020 ainda tímido, até por isso não se firmou quando teve a chance como titular;

- Wesley: surpresa neste início de temporada, chamou a atenção entrando no segundo tempo, mas foi discreto como titular contra o Red Bull Bragantino;

- Angulo: sofreu uma lesão muscular durante o Pré-Olímpico com a seleção colombiana. Voltará ao clube na semana que vem para seguir tratamento.