Lance 'No futebol medíocre que se pratica no Brasil, Renato pode funcionar no Flamengo', projeta Mauro Cezar

'No futebol medíocre que se pratica no Brasil, Renato pode funcionar no Flamengo', projeta Mauro Cezar

Na visão do jornalista, contratação de Renato Gaúcho para técnico do Flamengo após demissão de Rogério Ceni é 'difícil de dar certo' e precisaria seguir 'moldes do Grêmio'

Lance
Lance

Lance

Lance

O Flamengo demitiu o treinador Rogério Ceni, campeão do Brasileirão 2020, neste sábado. Após áudio vazado e sequência negativa, Ceni deixa o clube e abre o período de especulações dos torcedores para saber quem será o novo treinador do Flamengo. Com Renato Gaúcho na mira, o jornalista Mauro Cezar usou seu perfil em rede social para opinar sobre um possível acordo com o ex-Grêmio.

+ TABELA: Confira a classificação do Brasileiro e saiba os próximos jogos

+ Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

- Se Renato Gaúcho acertar com o Flamengo, apesar dos últimos dois anos bem abaixo no Grêmio, pode dar certo? Seria difícil, mas em tese poderia funcionar. Como? Qual o caminho? (...) Se ele não mexer profundamente na estrutura, repetindo a conduta adotada há quase cinco anos, quando voltou ao Rio Grande do Sul, estará no caminho mais seguro, adequado, sem ferir as características do elenco - comentou ele no Twitter.

Querido por alguns e odiado por outros, o nome de Portaluppi é um dos mais comentados na rede social. Mauro Cezar acredita que a melhor solução para Renato seja manter a fórmula que acabou trazendo o sucesso de cinco temporadas dele no Grêmio: apostar no sucesso do antecessor, como no Tricolor foi com Roger Machado, e ajustar possíveis dificuldades.

- Assim, nesse futebol medíocre que se pratica no país, pode até funcionar. E há outra semelhança: como o Grêmio de Roger, o Flamengo de Rogério Ceni é/era time que controla o jogo pela posse de bola. A ver. Mas antes Renato e Flamengo precisam se acertar - digitou ele.

Além de Renato, o Flamengo trabalha com uma solução nacional como "Plano B". Renato Portaluppi foi multicampeão no Grêmio nos últimos cinco anos no clube. Pela equipe gaúcha, o treinador conquistou a Copa do Brasil de 2016, Libertadores da América de 2017, Recopa Sul-Americana de 2018, além dos estaduais de 2018, 2019 e 2020. Como jogador do Flamengo, venceu o Brasileirão de 1987 e a Copa do Brasil de 1990.

Últimas