Lance Neto pede que início do Brasileirão seja cancelado após ameaças contra Cássio do Corinthians

Neto pede que início do Brasileirão seja cancelado após ameaças contra Cássio do Corinthians

O apresentador da Band cobrou uma mobilização dos técnicos e um posicionamento dos jogadores sobre o caso

Lance
Lance

Lance

Lance

O goleiro Cássio, do Corinthians, foi ameaçado nesta quinta-feira (07) nas redes sociais e, hoje, na abertura do programa "Donos da Bola", o ex-jogador e apresentador Neto saiu em defesa do jogador, dizendo que a rodada do final de semana do Brasileirão não deveria acontecer e que o criminoso deveria ser preso.

- O Abel (Ferreira) disse aqui e tá certo sobre a violência, mas o que as pessoas fazem com respeito ao Cássio? Nada. Precisava chegar e fazer o simples: não tem jogo. Ninguém joga. Pronto. Isso que precisava ser feito, mas ninguém faz. Não devia ter rodada, isso que deveria ser feito. Times, jogadores, federações, TVs e tudo mais, se junta e não tem rodada. Daqui a pouco vão matar comentarista, jogador, dirigente, árbitro e ninguém faz nada. Vai acontecer isso já, já. Nenhum treinador chega e fala "não vamos jogar". Os caras deviam ligar um pro outro, não pode ter jogo. Dane-se a TV, dane-se ao rádio, dane-se a propaganda. Mas vai ter jogo. O Corinthians e o Cássio vão jogar. Não deveria ter jogo! A gente é uns bocó, tanto por causa do futebol e da política - destacou Neto.

O apresentador demostrou toda a sua revolta após o caso de ameaça de morte ao goleiro Cássio, do Corinthians, e sua esposa. O episódio ocorreu nesta quinta-feira (07), depois do protesto de torcedores organizados no CT do clube, e a esposa do atleta rebateu um torcedor nas redes sociais.

O capitão do Timão disse ter enviado os áudios com xingamentos e fortes ameaças, no qual o usuário do Instagram "$heik Caçador" mandou ao personal trainer de Janara, esposa do atleta, para a polícia cuidar do caso.

Últimas