Lance Nascidos em 21 de março, Senna e Ronaldinho recebem homenagens

Nascidos em 21 de março, Senna e Ronaldinho recebem homenagens

Piloto morreu no auge da carreira, em 1994 e nunca foi esquecido. Já R10 vem tendo um ano muito difícil

Lance
  • Lance | por Lance

Os dois ídolos nasceram no mesmo dia e foram lembrados

Os dois ídolos nasceram no mesmo dia e foram lembrados

Lance

21 de março não é uma data comum para os amantes do esporte brasileiro. Nesse dia nasceram Ayrton Senna, tricampeão mundial da Fórmula 1, e Ronaldinho Gaúcho, o 'bruxo' que foi campeão do mundo com o Brasil em 2002, duas vezes o melhor do mundo e encantou o mundo com seu carisma e futebol mágico.

Em 1960 nascia Ayrton Senna "Do Brasil". Com direito a bordão imortalizado na voz de Galvão Bueno, o piloto fez muita gente sonhar e acordar cedo aos domingos pelo prazer de ver um compatriota erguendo a bandeira nacional para o mundo inteiro assistir.

Tri da fórmula 1 e sonhando com o tetra, o piloto morreu tragicamente em 1994, no GP de San Marino, na Itália, ao vivo, com o mundo inteiro assistindo, após bater violentamente na curva Tamburello. Se estivesse vivo, Senna completaria 61 anos.

20 anos depois de Senna, nascia Ronaldinho Gaúcho, em 1980. O 'Bruxo' começou no Grêmio, foi vendido para o PSG, onde jogava quando levantou a taça de campeão do mundo com o Brasil em 2002, na Copa da Coréia do Sul e do Japão, tendo o golaço por cobertura contra a Inglaterra nas quartas de final como o momento mais marcante dele naquela competição.

Depois disso, R10 encantou o mundo e virou bruxo no Barcelona, foi aplaudido de pé no Santiago Bernabéu após dar um baile no Real Madrid. Depois passou por Milan, Flamengo, Atlético-MG (onde ganhou a Libertadores), Querétaro e Fluminense.

Recentemente, o craque passa por problemas familiares: Sua mãe, dona Miguelina, morreu de Covid-19. Em 2020, passou meses preso no Paraguai. Após esses dois episódios, amigos relataram estar preocupados com o craque por causa de bebedeira excessiva.

Tudo isso porém, não abalou a idolatria do 'Bruxo', que pelo carisma e pela história que escreveu, segue amado por muita gente. E Senna, 27 anos após sua morte, segue sendo reverenciado. Neste domingo, os dois foram lembrados pelos fãs. Vejam algumas reações:

Últimas