Lance Na briga pelo G-4, Avaí e CSA ficam no empate

Na briga pelo G-4, Avaí e CSA ficam no empate

Azulão saiu em vantagem na etapa inicial e o Leão arrancou a igualdade com Getúlio

Lance

Na Ressacada, Avaí e CSA protagonizaram um jogo equilibrado, que terminou empatado por 1 a 1. Com o placar, o Leão chega aos 58 pontos, na 3ª colocação. O Azulão é o 4º, com 55 pontos.

CALENDÁRIO

Na próxima jornada, o Avaí mede forças contra o Guarani, em Campinas. O CSA encara o Confiança, no Rei Pelé.

CHANCES PERDIDAS

Antes de a bola rolar, o duelo previa um grande equilíbrio entre as equipes e foi isso que ocorreu. Cada um com a sua característica, Avaí e CSA perdiam boas oportunidades. Pelo lado catarinense, Copete e Bruno Silva assustaram. Já o Azulão deu trabalho com Iury Castilho. Em uma delas, a trave salvou o Leão.

GOL DO CSA

Na casa dos 35 minutos, Gabriel soltou o pé na grande área, Glédson deu rebote e Dellatorre mostrou oportunismo para marcar, 1 a 0.

TENSÃO

No início da etapa final a ‘cera’ do CSA surtiu efeito. O Azulão, que estava em vantagem no placar, abdicou de jogar bola e deixou a partida completamente truncada. Situação que irritou a torcida do Leão e jogadores, que demonstravam nervosismo.

PRESSÃO E EMPATE

Quando os ânimos acalmaram, o Avaí conseguiu colocar a bola no chão e, aos poucos, empurrou o CSA para o campo de defesa. De tanto insistir, o empate veio através de Getúlio, que completou para dentro da rede o cruzamento.

CHANCE FINAL

Nos minutos finais o Avaí teve a última oportunidade. No cruzamento da esquerda, Copete testou firme e Thiago Rodrigues fez milagre.

AVAÍ 1 X 1 CSA
Local: Ressacada, Florianópolis (SC)
Data-Hora: 08/11/2021 – 20h
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Edilson (AVA), Thiago Rodrigues, Clayton, Renato Cajá, Giva Santos, Iury Castilho, Gabriel Tonini (CSA)
Cartões vermelhos: –
Gols: Dellatorre (35’/1ºT) Getúlio (23’/2ºT)

AVAÍ: Glédson; Edilson, Fagner Alemão, Betão e João Lucas (Renato, aos 45/2ºT); Bruno Silva, Jean Cléber (Wesley, aos 45/2ºT), Lourenço (Jonathan, aos 35/2ºT) e Vinicius Leite (Valdivia, aos 37/2ºT); Copete e Getúlio (Marcos Serrato, aos 34/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.

CSA: Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Kevyn; Geovane, Yuri (Clayton, aos 32/2ºT) e Renato Cajá (Giva Santos, aos 24/2ºT); Gabriel (Gabriel Tonini, aos 40/2ºT), Dellatorre (Rodrigo Rodrigues, aos 40/2ºT) e Iury Castilho (Marco Túlio, aos 32/2ºT).

Últimas