Lance Monteiro e Wild eliminados em Genebra e Lyon

Monteiro e Wild eliminados em Genebra e Lyon

Brasileiros tinham rivais com derrotas seguidas nos ATPs 250

Lance
Lance

Lance

Lance

Thiago Monteiro, número 1 do país e 78º do mundo, segue sem embalar no saibro europeu e, nesta terça-feira, foi eliminado na primeira rodada do ATP 250 de Genebra, na Suíça, em mais uma dolorida queda.

O cearense foi derrotado pelo sérvio Laslo Djere, 57º colocado e que tinha cinco derrotas seguidas, por 6/7 (9/7) 6/3 7/5 após 2h48min de batalha no torneio no saibro com premiação de 481 mil euros.

Monteiro chegou a colocar 5/3 e saque para definir a vitória, mas perdeu quatro games consecutivos. Antes ele tinha saído de quebra abaixo em 2/3 marcando três games seguidos.

Monteiro conseguiu apenas uma vitória desde que chegou no saibro europeu, na primeira rodada do quali de Roma, e agora soma a sexta derrota em sete jogos, a sétima nos últimos oito jogos contando a série sul-americana.

Seu próximo torneio é o ATP 250 de Belgrado II, na Sérvia, na semana que vem antes de defender a terceira rodada em Roland Garros.


O brasileiro Thiago Wild, número 122 do mundo, teve uma boa notícia logo cedo pela manhã com a entrada como lucky-loser em Lyonm torneio ATP 250, mas acabou eliminado pelo 14º do mundo, o francês Gael Monfils.

Wild caiu diante do rival por 7/5 6/4 após 1h42min de duração na quadra central do torneio com premiação de 481 mil euros.

Monfils não vencia desde o fim de fevereiro de 2020 e tinha sete derrotas seguidas desde o início da pandemia, sendo três este ano. Ele só havia enfrentado porém um rival fora do top 100, o alemão Yannick Hanfmann, 102º colocado, nessa série negativa.

O paranaense começou bem o duelo, confirmando com firmeza e abrindo um 15/40 no saque do rival, mas acabou subindo mal à rede em um deles e no outro tentou uma deixada que não chegou na rede. No fim do set, Wild errou muitos forehands, viu o rival abrir um 0/40, salvou as chances, mas na seguinte não conseguiu. Acabou levando a quebra e Monfils fechou por 7/5.

Gael continuou paciente, devolvendo lá de trás todos os ataques do brasileiro que perdeu a precisão e foi quebrado. Monfils abriu 2 a 0 e foi confirmando o saque até servir em 5 a 4 para o jogo. Wild abriu 0/40 e cometeu um erro capital na primeira chance. Nas demais, Gael jogou muito e concluiu no primeiro match-point.

Wild segue para o quali de Roland Garros em Paris semana que vem e Monfils encara o japonês Yoshihito Nishioka.

Últimas