Mano quer Verdão convincente, mas diz: 'Sem resultado não há evolução'

Técnico tem trabalhado para fazer time jogar com mais posse de bola, ma sabe que depende de conseguir manter boa sequência no Brasileirão

Mano Menezes venceu as três partidas em que comandou o Palmeiras até aqui

Mano Menezes venceu as três partidas em que comandou o Palmeiras até aqui

Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Há duas semanas no Palmeiras, Mano Menezes tem tentado fazer o time ter mais posse de bola e adotar um jogo mais cadenciado. Desde a apresentação, o técnico defende um estilo "agradável" de o torcedor assistir, mas sabe que para implementá-lo terá de continuar apresentando resultados.

Veja mais: Na conversão atual, Ronaldo teria custado quase o dobro de Neymar

Sempre que pode, Mano reforça os méritos no trabalho de Luiz Felipe Scolari. Ainda que os dois sejam conhecidos pela segurança defensiva, o antecessor preferia um estilo mais direto com a bola; o atual técnico, por sua vez, quer que a equipe troque mais passes.

- Sempre deixei claro que iriamos aproveitar o trabalho que estava aqui. O Palmeiras estava com 30 pontos na tabela. Se fez a melhor campanha da sua história no primeiro turno é porque muita coisa estava boa. A equipe vai ganhando algumas características e mantendo as boas coisas que vinham sendo feitas. Prematura qualquer análise para lá ou para cá - pontuou.

- Modificações são coisas que a equipe tem condição de fazer, baseado na qualidade de time e elenco que temos para apresentar um futebol que nos credencie a disputar o título. É jogar bem para um resultado convincente, mas sem resultado não tem evolução, não tem ganho de confiança. Queremos manter com resultado, mas sabendo que o Brasileiro é difícil e o jogo contra o Fortaleza será difícil - acrescentou.

Veja mais: Brasil cai uma posição no ranking da Fifa e agora está em terceiro lugar

Ainda que Mano tenha chegado com o Palmeiras vivendo um jejum de sete rodadas sem vencer, o mesmo estilo de Felipão rendeu o título brasileiro de 2018 e o recorde de 33 jogos sem perder na competição - entre a edição passada e a atual.

Esta é a primeira semana cheia com a nova comissão técnica. Os treinos abertos à imprensa mostraram a ideia de incentivar a troca de passes e aproximação de jogadores. Contra Goiás, Fluminense e Cruzeiro, a proposta do treinador funcionou, e o Palmeiras venceu as três partidas sob seu comando - nelas, teve a maior quantidade de passes trocados na competição.

Veja mais: Bothafogo? Torcedores sugerem mudança de nome do Glorioso

- Cada técnico tem sua ideia básica de futebol que deve ser adaptada ao elenco que ele dirige. Eu vejo uma qualidade que nos permite jogar dessa forma. O fato de aumentar os passes deixa isso bem caracterizado, é uma ideia um pouco diferente do que vinha sendo feito. Está trabalhando no treinamento para ser mais eficiente para conseguirmos os resultados. Vamos seguir essa linha, começa a ganhar confiança na medida que os resultados vêm - encerrou.

Vice-líder do Brasileiro com 39 pontos, o Palmeiras visita o Fortaleza no domingo, às 16h, pela 20ª rodada. O time está a três pontos do líder Flamengo.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Conheça Túlio Maravilha, o atacante dos 1000 gols e peão da Fazenda 11