Mãe de estrela da NBA morre com coronavírus nos Estados Unidos

Jacqueline Towns, mãe de Karl-Anthony Towns, estava em coma há mais de um mês e não resistiu aos efeitos da covid-19

Pai de Karl-Anthony também pegou coronavírus

Pai de Karl-Anthony também pegou coronavírus

Lance

A NBA sofreu uma grande perda nesta segunda-feira (13). Jacqueline Towns, mãe do pivô do Minnesota Timberwolves Karl-Anthony Towns, não resistiu ao tratamento e acabou morrendo por conta do coronavírus nos Estados Unidos.

O triste acontecimento foi oficializado pela equipe na tarde desta segunda-feira. Através de um comunicado oficial, a franquia enfatiza que Jacqueline lutava contra a covid-19 em coma induzido há mais de um mês, mas acabou não resistindo e falecendo.

"A família Towns está de coração partido com o falecimento repentino de Jacqueline Towns por complicação em resultado da covid-19. Jackie, como era conhecida entre amigos e familiares, estava enfrentando o vírus há mais de um mês quando ela sucumbiu no dia 13 de abril", afirma o comunicado.

Além de Jacqueline, Karl Sr. Towns, pai do atleta, também foi diagnosticado com a doença, mas acabou conseguindo vencê-la e está livre do vírus. A família se mostrou devastada com a notícia e pediu privacidade.

Aos 24 anos de idade, Karl-Anthony Towns é um dos principais pivôs da NBA e vive a sua melhor temporada em números, atingindo uma média por jogo de 26.5 pontos, 10.8 rebotes e 4.4 assistências.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Cristiano Ronaldo é 1° do futebol em seleto 'time' de atletas bilionários