Lance Jardine valoriza preparação olímpica e destaca importância dos mais velhos

Jardine valoriza preparação olímpica e destaca importância dos mais velhos

Treinador da Seleção Olímpica ressalta que a experiência do trio formado por Daniel Alves, Diego Carlos e Santos

Lance
Lance

Lance

Lance

Passada a Copa América, os olhos do torcedor brasileiro agora se concentram nos Jogos Olímpicos. Treinador da seleção masculina de futebol, André Jardine valorizou a preparação do Brasil. Em entrevista à "CBF TV", ele exaltou a importância do lateral-direito Daniel Alves (São Paulo), do zagueiro Diego Carlos (Sevilla) e do goleiro Santos (Athletico-PR), que são os três atletas acima de 24 anos, como permite o regulamento.

- O Dani soma muita coisa, a experiência, o astral, a energia. Ele está comandando e tem uma aceitação total de todos os atletas, está sentindo totalmente à vontade. O Diego Carlos também com uma seriedade, com uma maturidade muito grande. O Santos é um jogador de humildade, passa uma confiança. Então acho que esses jogadores mais velhos somaram bastante, deram algumas referências pra gente e estamos muito felizes com o elenco que formamos - comentou o técnico.

Por fim, ele falou sobre as três fases de preparação da Seleção Brasileira, que embarcou neste domingo para Sérvia, onde fará um amistoso contra os Emirados Árabes.

- É uma parada importante pra gente fazer a primeira metade da adaptação ao fuso. A gente vai sofrer um pouquinho nos primeiros dias. Seguir nessa evolução de parte física e talvez ganhar alguns pontos em entrosamento e ideia de jogo, culminando nessa segunda etapa de preparação com uma partida. É um jogo que com certeza vai nos exigir bastante e já vai nos colocar um pouquinho mais perto do cenário ideal para a estreia. O pós jogo é a terceira etapa onde a gente vai poder ter uma semana cheia para culminar no jogo da estreia, e acredito que vá dar tempo de a gente construir a equipe e fazer tudo aquilo que a gente planejou- completou Jardine.

Últimas