Interino do Galo tem a missão de por o time de volta nos trilhos da vitória

James Freitas vai comandar o Atlético-MG no duelo contra o Boa, pelo Estadual

Lance

Lance

Lance

Com semblantes pesados, o grupo de jogadores do Atlético-MG se reapresentou na tarde desta sexta-feira,28 de fevereiro, na Cidade do Galo, após a eliminação na Copa do Brasil para o Afogados-PE, e as turbulentas 48h do clube, com a demissão de Rafael Dudamel, do diretor de futebol, Rui Costa, além do gerente de futebol Marques.

Sem um treinador e com o departamento de futebol praticamente desmontado com demissões em vários setores. O Galo ainda trabalha para contratar um novo técnic, todavia, como terá duelo pelo Campeonato Mineiro no domingo, 1º de março, contra o Boa Esporte, às 19h, em Varginha, pela sétima rodada do Estadual.

Com o aumento de pressão no elenco, a missão de conduzir os jogadores nesta rodada do Mineiro e por a equipe no rumo dos três pontos é de James Freitas, que faz parte da comissão fixa do clube. Ele falou na Cidade do Galo e afirmou que busca deixar o elenco pronto para receber o próximo técnico, que pode chegar na próxima semana.

- Tenho 20 anos de carreira. São 15, 16 anos na base, um tempo menor no profissional. Durante a carreira, a gente se prepara pra todos os momentos. Estou preparado pra assumir a equipe por um, dois, três jogos. Para isso, estou preparado, mas não passa pela minha cabeça uma efetivação neste momento. Estou focado no jogo que temos pela frente. O presidente conversou comigo, disse que estava nas tratativas para trazer um técnico até semana que vem. Temos que preparar este jogo, tentar vencer e deixar os atletas preparados pra próxima comissão-disse James Freitas.

James Freitas focou no jogo contra o Boa e ainda está com dúvidas na escalação do time, já que ainda depende da avaliação da comissão médica e fisiológica do clube com os atletas que estiveram na eliminação no interior de Pernambuco.

- Nosso DM, fisiologia e fisioterapia vão fazer as avaliações necessárias. Se tiver algum atleta com alguma dor residual, temos que fazer opção por outro atleta. Para isso a gente tem um grupo de 27, 28 jogadores. Precisamos competir para vencer em Varginha.

Sem invenções. Fazer o simples

James Freitas ficará pouco tempo no cargo, por isso não quer inventar e vai pedir que o time jogue simples diante do Boa.

-O Dudamel é uma pessoa diferente de mim. Existem preferências por jogadores que são naturais. Se eu conseguir ter todos à disposição, não tiver nenhuma baixa, vou fazer minhas escolhas, junto com a comissão. Pela minha experiência, penso que é o momento de ser o mais simples possível. Procurar passar isso pra eles. Temos que ir para o campo e ter ações o mais simples possíveis. Todos que estão aqui são bons jogadores, por isso estão no Atlético. Acredito que se eles tiverem tranquilidade, os resultados vão acontecer, o desempenho vai melhorar. Temos que ter ações mais simples - finalizou.