Galo contrata Rogério Maia, ex-seleção, para treinar goleiros

O profissional assume a missão de manter os arqueiros alvinegros em forma

Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG continua a montar o seu staff do futebol profissional. E, mesmo com a parada forçada para pela prevenção contra o coronavírus, o Galo se movimentou rápido no mercado e contratou outro preparador de goleiros para o lugar de Chiquinho, demitido pelo clube.

Rogério Maia, com passagens pela Seleção Brasileira, vai assumir o cargo de treinar os arqueiros atleticanos, Victor, Rafael, Michael e Matheus Mendes.

Maia estava atuando no Criciúma e foi assistente de Taffarel, ídolo alvinegro e campeão do mundo em 1994, na Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

O preparador se integrará à nova configuração do futebol profissional, que tem Jorge Sampaoli, no campo, e Alexandre Mattos, fora das quatro linhas, como cabeças do ambicioso projeto atleticano.

- É um dos maiores técnicos do mundo, treinador de seleção, moderno, que tem o seu trabalho conhecido e reconhecido nacional e internacionalmente. A gente sabe que ele utiliza muito os goleiros no jogo, não só para defender. Hoje, o goleiro participa muito do jogo, com cobertura, passe, enfim, faz parte do contexto de construção do jogo. Então, vamos buscar saber o que o Sampaoli busca nos goleiros para potencializar o trabalho - disse Maia, ao site oficial do Galo.

Rogério Maia iniciou a carreira como preparador de goleiros no Internacional. Ele também teve passagem pelo time olímpico, que venceu os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

Recentemente, teve passagem pelo Flamengo e no grupo do pré-olímpico que conseguiu a vaga para os jogos de Tóquio neste ano, trabalhando com o ex-atleticano Cleiton, atualmente no Red Bull Bragantino.

Rogério Maia também trabalhou no Vitória, na Chapecoense, e pelo futebol árabe. O próximo membro da nova comissão técnica do Galo deve ser o chileno Felipe Araya para ser o analista de desempenho do técnico Jorge Sampaoli. Os dois trabalharam juntos no Santos.