Gabriel Medina avança à quinta fase e segue sem perder em Noronha

Bicampeão Mundial venceu Reef Heazlewood e Miguel Blanco, com pontuação de 12.27, para continuar na disputa pelo título do Campeonato Mundial

Medina avança em Fernando de Noronha

Medina avança em Fernando de Noronha

Divulgação/WSL

O brasileiro Gabriel Medina avançou à quinta fase do Campeonato Mundial de Hang Loose ao vencer Reef Heazlewood e Miguel Blanco pelo round 4 no QS 6.000, nesta sexta-feira (22). Ele permanece invicto na temporada de 2019. Agora, Medina enfrenta o americano Nolan Rapoza.

ESPORTES OLÍMPICOS: Zanetti é 13º e fica fora da final do salto em etapa australiana da Copa do Mundo

Durante à quarta fase, Medina surpreendeu com a quantidade de ondas que conseguiu pegar: 15 no total. O brasileiro somou 5,27 (contra Reef Heazlewood) e 7.00 (diante do Miguel Blanco). Com a soma de 12.27, Medina passou na primeira posição, com as melhores notas. Heazlewood amargou a segunda colocação, com 11.83, e Blanco, com 11.07, está eliminado da competição.

Além de Medina, Tomas Hermes e Miguel Pupo também passaram de fase. Os dois eliminaram o marroquino Ramzi Boukhiam.

O brasileiros Ian Gouveia não teve a mesma sorte em bateria que contou com outro brasileiro, Jadson André, além do norte-americano Nolan Rapoza. Ian acabou eliminado, com 14.26, enquanto Jadson comemorou a primeira colocação, com 16.10. 

NOS RINGUES: Rose emagrece 40 kg com boxe e vira 1ª campeã mundial do Brasil

Na bateria 5, Yago Dora e Samuel Pupo enfrentam o japonês Reo Inaba. No confronto seguinte, Krystian Kymerson e Peterson Crisanto medem forças com o britânico Luke Dillon. Para finalizar, Ítalo Ferreira compete na bateria 7 contra o japonês Hiroto Ohhara e o peruano Miguel Tudela. A próxima chamada será às 7h deste sábado, penúltimo dia da janela do evento.

PRIMEIRA E TERCEIRA FASES

Em sua estreia, Gabriel Medina já tinha vencido etapas anteriores. Com um tubo, ele ainda emendou um aéreo reverso de pouca altura, mas bem executado ele conseguiu somar 15.86, avançando ao lado dos brasileiros Patrick Tamberg e Mateus Sena.

Veja também: Brasil vence e se classifica para Copa do Mundo de Basquete, na China

Na terceira fase, Medina não teve dificuldades. Ele liderou a bateria ao fazer 17,50 e deixou para trás o americano Nat Young (10,50) e o também brasileiro Mateus Herdy, com 4.23.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Dono de time campeão do Super Bowl é pego em caso de prostituição