Campeonato Brasileiro

Futebol Vitória sobre o São Paulo faz Santos quebrar quatro tabus de uma vez

Vitória sobre o São Paulo faz Santos quebrar quatro tabus de uma vez

Além de voltar a vencer clássicos, Alvinegro encerra série negativa contra rival, invencibilidade no Morumbi e jejum no Brasileirão

Lance
Jobson fez o gol que selou a vitória do Santos sobre o rival no Morumbi

Jobson fez o gol que selou a vitória do Santos sobre o rival no Morumbi

Lance

A vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, valeu mais do que a conquista de três importantes pontos para o Santos no Campeonato Brasileiro. Serviu para derrubar não um, mas quatro tabus de uma só vez.

O primeiro estava ligado justamente ao adversário. O Santos não vencia o São Paulo desde janeiro de 2019, quando bateu o adversário por 2 a 0, em jogo válido pelo Campeonato Paulista daquele ano.

Desde então, foram quatro encontros, com duas vitórias do São Paulo - 3 a 2 pelo Brasileirão de 2019 e 2 a 1 pelo Paulista 2020 - e dois empates, um pelo Brasileirão do ano passado (1 a 1) e outro pelo Nacional deste ano (2 a 2).

O segundo tabu também tinha o São Paulo como um dos protagonistas, mas não o único. O Santos não sabia o que era vencer um clássico desde outubro de 2019, quando bateu o Palmeiras por 2 a 0. Desde então, foram sete jogos contra os principais rivais do Estado e nenhuma vitória.

O Santos empatou duas vezes com o Palmeiras (0 a 0 e 2 a 2), uma com o Corinthians (1 a 1) e uma com o São Paulo (2 a 2), acumulando também uma derrota para cada um - 2 a 0 diante do Corinthians, 2 a 1 frente o São Paulo e o mesmo placar contra o Palmeiras.

O terceiro tabu "enterrado" tem como personagem... O São Paulo. A vitória do Santos, com gol de Jobson, encerrou uma série de 19 jogos do adversário sem derrotas no Morumbi. Desde a eliminação para o Mirassol, no Paulistão, o São Paulo acumulava 12 vitórias e 7 empates em seus domínios.

Para fechar, a vitória santista colocou um ponto final na sequência negativa no Brasileirão. Antes do clássico, o Santos acumulava quatro resultados ruins, que afastaram o time da parte de cima da tabela. O Peixe vinha de derrotas para Flamengo (4 a 1) e Vasco (1 a 0), além de um empate contra o Ceará (1 a 1), no último jogo do ano passado.

O fim dos tabus deixou o técnico Cuca bastante satisfeito: "A gente está muito feliz com essa primeira vitória em clássico. Eu lembro que, no último jogo, que a gente empatou, pessoal falou que perdemos uma chance enorme de vencer o primeiro clássico. Falei: 'Vamos ver se no próximo a gente tem uma sorte melhor, uma felicidade maior'. E tivemos hoje", simplificou ele, feliz com o resultado.

'Moedor' de técnicos! Brasileirão 2020 já teve 24 trocas de treinador

Últimas