Copa do Mundo

Futebol Vaias a Jesus, e Ospina perseguido: torcida vibra com vaga na Copa

Vaias a Jesus, e Ospina perseguido: torcida vibra com vaga na Copa

Mais de 22 mil torcedores estiveram presentes na Neo Química Arena em jogo que garantiu classificação brasileira para Mundial

Lance
Torcida brasileira se divertiu em vitória sobre a Colômbia

Torcida brasileira se divertiu em vitória sobre a Colômbia

Lance

Foram 22.080 pessoas que viram, no estádio, o Brasil matematicamente garantir vaga na Copa do Mundo do Catar, em 2022, ao bater a Colômbia por 1 a 0, pela 14ª rodada das Eliminatórias, nesta quinta-feira (11).

A nota negativa fica para a invasão de campo de cerca de 15 torcedores no fim da partida. Eles entraram no gramado ao mesmo tempo e complicaram a vida dos seguranças. Entre os que invadiram, um conseguiu abraçar e pegar o atacante Neymar no colo, já outro abraçou o goleiro Ospina.

ATRASADOS GERARAM FILA

Durante o primeiro tempo, muitos torcedores tentavam entrar no estádio. Ainda que o procedimento de entrada estivesse tranquilo a maior parte do tempo, minutos antes do início do jogo houve uma grande concentração de atrasados que fizeram a correria aumentar. A fila só cessou próximo aos 40 minutos do primeiro tempo.

COMPORTAMENTO DA TORCIDA COM A BOLA ROLANDO

Com o setor sul praticamente vazio, coube ao norte e parte do leste inferior a maioria das manifestações durante a partida.

No primeiro tempo, o principal alvo de xingamentos foi o goleiro Ospina, que ficou próximo da concentração de torcedores brasileiros mais animados. No segundo tempo, quando o arqueiro colombiano já estava no lado oposto, ele foi hostilizado mais uma vez quando quis ganhar tempo, ainda com a partida empatada sem gols.

VAIAS A GABRIEL JESUS

Contra a Colômbia, Gabriel Jesus chegou ao 17º jogo sem marcar gols pela seleção brasileira e, ao ser substituído, aos 18 minutos do segundo tempo, para a entrada de Matheus Cunha, foi vaiado. Parte do estádio até esboçou um aplauso, mas não conseguiu abafar a manifestação contra o camisa 9.

EXPLOSÃO NO GOL E APLAUSOS A PAQUETÁ

A Neo Química Arena foi ao delírio quando, aos 26 minutos do segundo tempo, o meia Lucas Paquetá fez o gol que deu a vitória ao Brasil. E aí não foram só os setores norte e leste inferior que vibraram, mas sim todo o estádio.

Quando, aos 40 minutos da etapa final, Paquetá foi substituído, para a entrada de Fabinho, toda a Arena aplaudiu o jogador.

GRITOS DE OLÉ

Já nos acréscimos da partida, o torcedor brasileiro foi ao delírio com as trocas de passes da seleção, principalmente quando Vinicius Júnior deixou um defensor colombiano na saudade na frente da parte mais animada do setor leste inferior.

Brasil vence a Colômbia e se classifica para a Copa 2022; veja as fotos

Últimas