Torcedores derrubam muro e invadem CT do Flu para protestar

Membros de organizadas cobraram jogadores, que aceitaram ouvir as reclamações pela fase do clube. A invasão interrompeu o treinamento e não houve agressão física aos atletas

Lance

Lance

Lance

A situação no Fluminense segue tensa, mesmo após a demissão do técnico Oswaldo de Oliveira. Na manhã deste sábado, um grupo de membros de organizadas derrubou o muro do CT do clube, invadiu o local, em Jacarepaguá, e cobrou o elenco pela fase no Brasileiro. Os torcedores compartilharam as imagens nas redes sociais.

O treino, que era fechado para a imprensa, foi paralisado pela invasão. Os jogadores foram cercados pelos membros de organizadas do Fluminense e os seguranças do clube estiveram no local. Uma viatura da polícia chegou após a cobrança. O elenco Tricolor aceitou ouvir as reclamações dos torcedores. Embora o clima não fosse dos mais agradáveis, não houve agressão física.

Fluminense

Fluminense

Lance

Torcedores no CT (Reprodução Twitter)

Já do lado de fora, foi pendurada uma faixa, que dizia: "Doe sangue pros jogadores", cobrando mais comprometimento dos atletas. O presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros também foram alvos dos protestos em faixas.

O Fluminense, que ocupa a 16ª posição na tabela do Brasileirão, com 19 pontos, enfrenta agora o Grêmio, neste domingo, no Maracanã, às 16h. Com a demissão do técnico Oswaldo, Marcão, auxiliar técnico da equipe, será o comandante da equipe Tricolor.

Fluminense

Fluminense

Lance

Faixa do lado de fora do CT (Foto: Reprodução)