Coronavírus

Futebol Técnico Ruy Scarpino morre vítima de complicações da covid-19

Técnico Ruy Scarpino morre vítima de complicações da covid-19

Profissional de 59 anos, com passagens por vários clubes do Brasil, estava internado há algum tempo por conta da doença

Lance
Último trabalho de Ruy Scarpino foi no Amazona FC

Último trabalho de Ruy Scarpino foi no Amazona FC

Lance

Por volta das 3h desta quarta-feira (3), morreu o técnico e ex-jogador Ruy Scarpino, de 59 anos, vítima de complicações da covid-19. Scarpino esteve à frente do Amazonas FC durante o Campeonato Amazonense.

O treinador estava entubado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital Samel, em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus. Na terça-feira passada (23), Scarpino sentiu-se mal antes da partida contra o Peñarol. Ele teve um mal súbito, desmaiou e não comandou a equipe nessa ocasião.

No dia seguinte (24), Scarpino precisou ser internado, uma vez que apresentava dificuldades para respirar. No domingo (28), foi transferido para a UTI, onde apresentava um quadro estável.

Ele estava desligado do comando técnico da equipe aurinegra, mas ainda possuía um vínculo contratual com o Amazonas FC, que prestou toda assistência possível.

O clube destacou que seguiu todos os protocolos de saúde indicados pelas autoridades. O clube ainda revelou que, nas testagens realizadas internamente, foi detectado anticorpos no profissional, que negativou em todos os exames.

Não há registro e não houve contagio de contaminação em colaboradores ou atletas. Até a publicação desta matéria, ainda não havia informções sobre o velório. Como a morte foi em decorrência da covid-19, o protocolo é para que não haja cerimônia.

Natural de Vitória, no Espírito Santo, Ruy Scarpino nasceu em 17 de fevereiro de 1962. Ele começou a carreira aos 17 anos e foi goleiro de várias equipes, como Vitória, Rio Branco, Grêmio Maringá, Mirassol, Ferroviária, Portuguesa, XV de Jaú e Moto Club. Foi neste último que ele iniciou a carreira como técnico.

Jucilei no Boavista: Medalhões disputarão os estaduais em 2021

Últimas