Libertadores

Futebol Sonhando com 1º título, Flu pega o forte River Plate logo na estreia

Sonhando com 1º título, Flu pega o forte River Plate logo na estreia

Brasileiros e argentinos se enfrentam na abertura da Libertadores, nesta quinta-feira, no Maracanã, às 19h

Lance
Fluminense busca o seu primeiro título de Libertadores

Fluminense busca o seu primeiro título de Libertadores

Lance!

Vai começar a Libertadores para Fluminense e River Plate (ARG). Nesta quinta-feira (22), brasileiros e argentinos se enfrentam no Maracanã, às 19h, pela primeira rodada da fase de grupos. Enquanto o Tricolor fará sua sétima participação na história do torneio, os Millonarios foram semifinalistas nos últimos quatro anos e estão na competição pela 37ª vez.

O Flu deve manter o time que já vinha atuando no Campeonato Carioca e foi a base do Brasileirão na última temporada. Dos reforços contratados, Manoel, Cazares e Abel Hernández já estão disponíveis. Raúl Bobadilla não teve a documentação processada a tempo e David Braz ainda cumpre isolamento por covid-19 e, portanto, estão fora. Em 10 jogos na temporada, o Tricolor teve seis vitórias, um empate e três derrotas, e vem de três triunfos consecutivos.

Pelo lado do River Plate, a equipe não perde uma partida desde o dia 8 de março. Desde então foram três empates e quatro vitórias. No último jogo antes da estreia na Liberta, goleada por 5 a 0 contra o Central Cordoba. Dúvidas na véspera do confronto, De La Cruz e Palavecino são as boas notícias na lista de relacionados do técnico Marcelo Gallardo.

FLUMINENSE X RIVER PLATE

Data/Hora: 22/04/2021, às 19h (de Brasília)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
FLUMINENSE (Técnico: Roger Machado): Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egidio; Wellington, Martinelli, Yago Felipe e Nenê; Fred e Kayky.
Desfalques: Matheus Ferraz (lesionado), Raúl Bobadilla (não inscrito a tempo) e David Braz (Covid-19)
RIVER PLATE (Técnico: Marcelo Gallardo): Armani, Montiel, Paulo Díaz, Maidana (Héctor Martínez) e Fabrizio Angileri; Palavecino, Enzo Pérez e De La Cruz; Lucas Beltrán, Borré e Julián Álvarez.
Desfalques: Matías Suárez e Pinola (lesão), Robert Rojas e Jorge Arrascal (expulsos na semifinal de 2020)

Brasil no topo: conheça os elencos mais caros da Libertadores 2021

Últimas