Futebol Son, do Tottenham, começa serviço militar de três semanas na Coreia

Son, do Tottenham, começa serviço militar de três semanas na Coreia

Atacante aproveita paralisação do futebol para cumprir jornada obrigatória em seu país. Camisa sete espera retornar em maio para a Inglaterra

Lance
De máscara, atacante Son cumpre serviço militar na Coreia

De máscara, atacante Son cumpre serviço militar na Coreia

EFE/EPA

O atacante Heung-min Son, do Tottenham, começou sua jornada no serviço militar obrigatório de três semanas na Coreia do Sul. O atleta foi fotografado se apresentando para o novo trabalho temporário com máscara de proteção contra o coronavírus em Jeju. Com o Campeonato Inglês paralisado, o jogador antecipou sua missão que iria começar no verão europeu, após o fim da temporada regular.

Neste período, o camisa sete passará por situações em que será exposto a gás lacrimogêneo, marchas de 28 quilômetros e exercícios de tiro. Apesar da dura rotina, Son não deve se prejudicar em relação ao retorno das competições, uma vez que a Premier League estuda o retorno do torneio para a segunda semana de junho.

Na Coreia do Sul, todos os homens saudáveis devem passar por um período de dois anos de serviço militar, mas Son conseguiu ter esse tempo reduzido após ajudar seu país a ganhar medalha de ouro nos Jogos Asiáticos de 2018. O atacante espera regressar a sua equipe em maio.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Jogador deixa Messi e CR7 para trás com fortuna de R$ 157 bi. Conheça

Últimas