Sem Pato, média de gols do São Paulo cai muito no Brasileirão

Atacante volta desfalcar Tricolor após sofrer estiramento na coxa. Quando ele não está em campo, time tem média de um gol a cada duas partidas

Alexandre Pato vai ser desfalque do São Paulo diante do Botafogo, neste sábado

Alexandre Pato vai ser desfalque do São Paulo diante do Botafogo, neste sábado

Reprodução/Twitter

O ataque do São Paulo não é um grande sucesso nesta temporada. Entre os piores da Série A durante quase todo este ano, o setor tem sofrido com desfalques e terá mais um neste sábado, contra o Botafogo, justamente aquele que tem impacto direto nos números do time: Alexandre Pato, artilheiro são-paulino no Brasileirão. Sem ele, a média da equipe cai significativamente.

Veja mais: Everton Ribeiro comanda ataque do Flamengo, igual fazia no Cruzeiro

Após longa negociação que travou uma batalha fora de campo com o rival Palmeiras, o camisa 7 chegou ao Tricolor para fazer a diferença no ataque. Se ainda não atendeu a todas as expectativas, é fato que ele se tornou o principal goleador do clube neste período. Em 13 jogos no campeonato, foram cinco gols marcados, o que o fez estar no topo da lista de artilheiros do time no ano.

O impacto de Pato, porém, não fica apenas nos gols marcados, nem nas assistências. Se pegarmos os números do São Paulo com ele e sem ele em campo, veremos uma diferença significativa na média de tentos anotados. Até aqui, o atacante fez 13 das 19 partidas são-paulinas no Brasileiro. Nesse recorte, o time balançou a rede 18 vezes, ou seja, média de 1,38 por duelo.

Sem Pato, no entanto, esse índice cai drasticamente para quase um terço. São seis jogos sem o camisa 7 e apenas três gols marcados, média de 0,5 gol por jogo, em outras palavras, anota um tento a cada duas partidas. Para uma equipe que já tem dificuldades no quesito "marcar gols", o desfalque será bastante sentido por Cuca e sua comissão técnica.

Veja mais: Frustração. Não há interessados em rachar o salário de Daniel Alves

No último jogo antes de se machucar da primeira vez, Pato enfrentou o Santos e marcou dois gols. De lá para cá, com exceção do duelo com o CSA, que marcou o retorno do atacante, o Tricolor fez cinco partidas e balançou a rede apenas duas vezes em duas vitórias, contra o Ceará (1 a 0) e contra o Athletico-PR (1 a 0). De resto, foram duas derrotas (Vasco e Inter) e um empate (Grêmio).

Em outro confronto em que Alexandre Pato ficou fora, contra o Fortaleza, em maio, a vitória no Castelão foi apenas por 1 a 0, gol de Hernanes. Agora, contra o Botafogo, neste sábado, isso volta a acontecer. A missão de anotar os tentos ficará a cargo de outros atacantes, como Pablo (que também tem cinco gols no ano), Everton e Antony, que formarão o trio ofensivo no Nilton Santos.

Veja mais: Com Inter 'na fila' há 27 anos, veja maiores jejuns entre taças nacionais

O São Paulo treina nesta manhã, no CT do Fluminense, em preparação para enfrentar o Bota, às 11h, no Rio de Janeiro, pela 20ª rodada do Brasileirão-2019, a primeira do segundo turno. Neste momento, o Tricolor ocupa a sexta posição na tabela, com 32 pontos, dez a menos do que o líder Flamengo.

São Paulo no Brasileirão:

Com Pato: 18 gols em 13 jogos (1,38 gol por jogo)
Sem Pato: 3 gols em 6 jogos (0,5 gol por jogo)

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Quem são os 'parças' de Neymar que receberiam R$ 50 mil por mês