Futebol 'Se vier, será mais aprendizado para nós', diz Filipe Luís sobre Torrent

'Se vier, será mais aprendizado para nós', diz Filipe Luís sobre Torrent

Em entrevista ao 'Canal 11', de Portugal, lateral-esquerdo destaca a cautela da cúpula rubro-negra na busca por novo técnico: 'Analisam cada filosofia'

Lance
Filipe Luís rasgou eleogios ao provável técnico

Filipe Luís rasgou eleogios ao provável técnico

Lance

Enquanto o torcedor do Flamengo está em contagem regressiva pela definição de Domènec Torrent como novo comandante do clube, o otimismo marca a rotina do elenco. Em entrevista divulgada pelo "Canal 11", de Portugal, nesta quinta-feira, o lateral-esquerdo Filipe Luís falou que está disposto a ser um "intérprete" informal entre os jogadores e o futuro técnico rubro-negro.

"Ah, claro. Se precisar, com certeza. Sinceramente, não sei se já houve assinatura. Se ele vier, vai ser muito bem recebido. É mais aprendizado para nós", afirmou.


O jogador de 34 anos valorizou a conduta da cúpula rubro-negra ao buscar o sucessor de Jorge Jesus. Aos seus olhos, a cautela será crucial para definir o novo treinador.

"Estou orgulhoso com o Flamengo, com a forma como está buscando o novo treinador. Não houve pressa, estão analisando a filosofia de cada nome. Talvez se fosse anos atrás, com a pressão da torcida, poderia anunciar um novo treinador só por anunciar" e, em seguida, ressaltou:

"O Flamengo tem que atacar o tempo todo, a torcida pede isso. Não podemos, por exemplo, ter um treinador que priorize o contra-ataque", completou.

Domènec Torrent foi assistente de Pep Guardiola em trabalhos no Barcelona, no Bayern de Munique e Manchester City. Depois, engatou sua carreira como treinador e conseguiu uma grande campanha à frente do New York City FC na Major League Soccer (MLS) entre 2018 e 2019.

Torrent assinará contrato com o Rubro-Negro até dezembro de 2021. Faltam apenas entraves burocráticos para que o acordo seja selado.

Mundo do esporte homenageia Rodrigo Rodrigues, morto aos 45

Últimas