Futebol São Paulo vai em busca das melhores estatísticas do Brasileirão

São Paulo vai em busca das melhores estatísticas do Brasileirão

Embalado pela classificação diante do Flamengo na Copa do Brasil, Tricolor recebe o Vasco na 22ª rodada da competição nacional e quer continuar somando bons números

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo tem um compromisso neste domingo que pode colocá-lo na liderança do Campeonato Brasileiro: caso vença o Vasco no Morumbi, às 16h (e Atlético-MG e Internacional percam seus jogos da 22ª rodada), o time comandado por Fernando Diniz pode chegar ao topo da tabela com três jogos a menos. Mas o Tricolor quer mais: melhorar as estatísticas para ser o líder em tudo no torneio.

No momento, o time paulista tem 18 jogos realizados, com dez vitórias, seis empates e apenas duas derrotas. O Galo (líder) e o Colorado (vice) têm 21 jogos feitos, 12 e dez vitórias; dois e seis empates e sete e cinco derrotas, respectivamente. O São Paulo já é melhor nesses quesitos – tem a mesma quantidade de vitórias que o Inter e bem menos derrotas que ambos os clubes que estão à sua frente no Brasileirão.

TABELA
> Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro!

Ainda, o Tricolor tem a melhor defesa da competição no geral: são apenas 17 gols tomados em 18 jogos. Os próximos no quesito são Grêmio (7º) e Fortaleza (13º), com 19 tentos (em 20 e 21 jogos, respectivamente). A próxima estatística que o São Paulo quer melhorar e chegar à liderança é o de gols feitos.

No momento, são 29 gols pró, atrás de quatro clubes: Atlético-MG (37), Internacional (32), Flamengo (34) e Santos (30), todos com mais jogos. Fluminense e Bragantino também somam 29 tentos feitos, em 21 e 22 partidas, respectivamente. A média do São Paulo é de 1,3 gol/jogo, enquanto do Galo, por exemplo, é de 1,7. No entanto como o Tricolor é o melhor da defesa, detém o melhor saldo de gols, ao lado do Colorado, com 12.

Além disso, o time não perde no torneio desde o dia 3 de setembro, sua última derrota, para o Atlético-MG, por 3 a 0. Desde então, são seis vitórias e cinco empates. Com os jogos atrasados contra Goiás, Ceará e Botafogo remarcados para dezembro, mais os próximos compromissos normais, a começar com este diante do Vasco, neste domingo, o São Paulo pode, de fato, não só atingir a liderança na tabela, mas a liderança em todos os quesitos do Campeonato Brasileiro. É esperar para ver.

Últimas